Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Com 22 linhas de produção, Curitiba fabrica produtos que estão entre os preferidos pelos consumidores
Com 22 linhas de produção, Curitiba fabrica produtos que estão entre os preferidos pelos consumidores| Foto: Divulgação Mondelez International

Localizada na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), a maior fábrica da Mondelēz International está renovando sua produção, de olho em mudanças nas expectativas dos consumidores. Desde 2018, a unidade paranaense recebe mais de R$ 100 milhões de investimentos todos os anos. A maior parte desse montante é destinada ao desenvolvimento tecnológico.

Receba notícias do Paraná no seu celular

Com 22 linhas de produção, Curitiba fabrica produtos que estão entre os preferidos pelos consumidores. Entre eles, chocolates (como Bis e Milka), biscoitos (Oreo), balas (Halls), chicletes (Trident), sucos em pó (Tang), entre outras categorias. O que é produzido na capital paranaense é vendido no Brasil e também exportado para outros 12 países.

De acordo com o CEO global da Mondelēz International, Dirk Van de Put, a demanda dos consumidores está em constante transformação e os anos de pandemia mudaram a expectativa dos compradores.

Dessa forma, investimentos na fábrica de Curitiba buscam responder às novas necessidades dos consumidores. "A tecnologia serve também para entendermos melhor e mais rápido o que busca o cliente", explica o CEO. Em um prédio do complexo que fica na CIC, há uma área que serve de experimentos de novos produtos de acordo com o setor de controle de qualidade.

Tamanhos diferentes e menos açúcar e sal

Não é novidade que chocolates e biscoitos promovem momentos de prazer em meio a algumas situações de estresse. Para cumprir com a busca por esses pequenos momentos de satisfação, a multinacional investiu no desenvolvimento de produtos em porções menores. "Mantemos o mesmo sabor e fórmula, em tamanhos diferentes", explica o CEO.

Além disso, para entrar na onda pela promoção da saúde, a Mondelēz reduziu a quantidade de açúcar e sal. Através de novas tecnologias, a transformação não comprometeu a qualidade do sabor.

A empresa internacional busca, assim, compreender o vasto conceito do que é "saudável". De acordo com o CEO global, ingredientes de qualidade, desenvolvidos por produtores locais, também entram dentro da ideia do que é mais mais saudável e sustentável.

Aposta no e-commerce

Parte dos investimentos em tecnologia também é direcionada ao aprimoramento dos serviços de e-commerce. "A tecnologia de processos está em crescimento no Brasil e teve excelentes resultados no ano passado. Tanto na distribuição e visibilidade da marca quanto no e-commerce", comemora o CEO.

"O digital traz rapidez ao mercado e estamos constantemente nos renovando em relação a essa tecnologia. Dessa forma, colocamos nossos produtos em destaque em relação à concorrência", conclui.

Durante uma visita ao Brasil na última semana, as principais lideranças da multinacional ressaltaram que com esses investimentos esperam construir, até 2030, uma companhia de 50 bilhões de dólares.

"Tecnologia precisa estar aliada à sustentabilidade"

Por trás dos produtos de grandes marcas que encontramos embalados no mercado, a Mondelēz também investe em processos de produção sustentáveis. Essa é uma tendência de mercado. O público busca, cada vez mais, conhecer como os produtos são feitos.

Cocoa Life é o programa global de sustentabilidade do cacau da Mondelēz International. Com a iniciativa, a multinacional busca trabalhar juntamente com os pequenos produtores de cacau, bem como atuar no combate à desigualdade de gênero, pobreza e trabalho infantil.

Do mesmo modo, a Mondelēz investe em educação sobre conservação e restauração florestal nessas regiões. "Assim, nós focamos no que podemos fazer diferença", ressalta Dirk.

A maior parte do fruto vem da África Ocidental, onde o Cocoa Life tem forte atuação. No Brasil, a maior parte da produção do cacau acontece na Bahia e no Paraná, onde a companhia auxilia mais de 800 produtores.

O que é produzido em Curitiba é exportado para 12 países.
O que é produzido em Curitiba é exportado para 12 países.| Divulgação Mondelez International
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]