i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
capital de giro

Nova fintech cria plataforma que antecipa capital a juros abaixo do mercado

  • PorEloá Cruz, especial para a Gazeta do Povo
  • 26/11/2019 09:00
Ronaldo C. de Oliveira e Deividi Alexandre Cavarzan, sócios da Giro.Tech.
Ronaldo C. de Oliveira e Deividi Alexandre Cavarzan, sócios da Giro.Tech.| Foto: divulgação

Com a proposta de reduzir custos de capital de giro para micro e pequenas empresas, a startup do Paraná Giro.Tech criou uma plataforma para antecipar recebíveis - volume financeiro programado pela venda de produtos e serviços. A nova fintech conseguiu em dois anos, movimentar mais de R$ 30 milhões em antecipações com taxas mais baixas que o mercado oferece.

Para os microempreendedores Marilze de Oliveira e Silva e Wladir Aielo, a proposta de obter um capital de giro a juros bem abaixo dos praticados no mercado ajudou a ampliar a produção da fábrica de papéis deles, no município de Carambeí, no interior do Paraná. “Queríamos adquirir mais uma máquina para produção e mais um veículo para entrega, mas não tínhamos dinheiro necessário em caixa. Com a antecipação, conseguimos dar este passo importante em nosso negócio”, declarou Marilze.

O sócio da Giro.Tech, Ronaldo Campos de Oliveira, explica que a empresa funciona através de uma plataforma digital, que conecta agentes financiadores dispostos a fazer a antecipação para pequenas empresas. “Quem compra quer esticar o prazo para pagamentos, mas quem vende precisa receber. Às vezes, o dinheiro leva até 90 dias para entrar no fluxo de caixa do pequeno empresário. Isso impacta no pagamento de suas contas, dos funcionários e até mesmo da matéria-prima do seu negócio”, comentou Oliveira.

A nova fintech usa taxa de desconto a partir de 1%, bem abaixo das taxas utilizadas no mercado. No caso do micro e pequeno empresário, as taxas partem de 3% e podem chegar até 10%. Para garantir taxas mais baixas, a Giro.Tech conecta as solicitações de antecipação de recebíveis ao sistema do financiador da operação, que pode ser um Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC), que mostra o status do serviço ou produto entregue pela empresa para saber se haverá contestações futuras em relação a venda finalizada.

Com proposta inovadora, a Giro.Tech chegou a ser uma das finalistas do Rocket Startup, reality show de startups promovido pela RPC, afiliada Globo no Paraná. A empresa foi uma das que mais se destacaram no quesito empreendedorismo e inovação.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.