Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
goiaba Carlópolis
Goiabas produzidas em Carlópolis, no Norte Pioneiro do Paraná, prontas para exportação.| Foto: Divulgação/ Sebrae Paraná

Fruticultores da Cooperativa Agroindustrial de Carlópolis (Coac), no Norte Pioneiro do Paraná, mais que duplicaram as exportações de goiaba nos meses de fevereiro e março de 2022. Uma superprodução da fruta no período fez com que os produtores passassem a exportar até 5 toneladas de goiaba por semana para o mercado exterior, especialmente Londres, na Inglaterra, mas também Portugal, Canadá e países do Oriente Médio. Até o ano passado, os fruticultores vendiam para o exterior um volume de uma a duas toneladas de goiaba por semana.

De acordo com a gerente de vendas da Coac, Inês Sasaki, a superprodução de goiabas nos dois meses é resultado de uma geada que atingiu a região ainda no ano passado. "Todos fizeram podas forçadas na mesma época, em agosto, então, com o volume de frutas que estamos colhendo agora temos condições de atender mais pedidos que chegam de fora", explica.

A Coac possui a certificação internacional Global G.A.P. "O selo abriu portas no mercado e facilitou o acesso ao mercado europeu", diz a secretária de Agricultura de Carlópolis, Francislaine Bohrz. Antes da certificação, os fruticultores da região já haviam conquistado a Indicação Geográfica, o que fez com que a goiaba de Carlópolis passasse a ser reconhecida nacional e internacionalmente como um produto premuim, de excelente qualidade e atraísse compradores estrangeiros, principalmente europeus. "As exportações garantem a estabilidade nos preços ao longo do ano, especialmente em períodos de altas safras, quando no mercado interno os valores caem", completa Francislaine.

A Cooperativa fez uma parceria com o Sebrae Paraná para realizar capacitações necessárias aos produtores para a conquista das certificações. "É um trabalho de anos que temos feito para gerar desenvolvimento regional posicionando o Norte Pioneiro do Paraná como referência em produtos diferenciados do agronegócio", afirma o consultor do Sebrae Paraná, Odemir Capello.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]