Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • V

    VINICIUS BEZERA MOTA

    ± 0 minutos

    admiro muito o seu trabalho professor Paulo, aprendo muito com seus artigos

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carlos miranda

    ± 9 horas

    Sempre inspirado e inspirador. Não sou negro, pelo menos não na pele, e assim não posso falar no assunto sem o viés da privilégio, mas posso falar de humanos e sua humanidade. Acredito no que está dentro. Acredito que as dificuldades devem nos fortalecer. Mas acredito no poder do exemplo. King e Mandela mostraram que a Cerdeira riqueza nasce na justiça de nossa causa, na honestidade de nossas ideias e na justiça de nossas ações, o que cá prá nós, independe da cor da pele. Racismo é um defeito da alma. E as ESTRUTURAS e INSTITUIÇÕES não a tem.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Admar Luiz

    ± 9 horas

    Estou lendo, prezado Guilherme, "O Multiculturalismo" - Como religião Política", de Mathieu Bock-Côté. Ele destrincha com maestria toda essa polêmica que envolve as minorias - no caso também o racismo. Também decifra como a esquerda usa o discurso do igualitarismo, da contracultura, do utopismo para tentar reformar toda a sociedade e seus valores herdados. Vale a pena. Mas concordo com rebouças, o que dá cidadania, respeito, autoestima, independência é a instrução de qualidade. Só assim diminuiremos a pobreza e a desigualdade. E isso serve pra qualquer cor de pele, certo?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Roberto Martins

    ± 10 horas

    Prezado sr. Realmente o conceito de racismo estrutural é ambíguo. Intencionalmente ambíguo. Lembro que ele surgiu recentemente. Há 10 ou quinze anos atrás a Folha de São Paulo fazia uma pesquisa sobre o racismo na sociedade brasileira . Ela fez duas ao longo de tês ou quatro anos. As mesmas perguntas eram feitas. O que se notou nos resultados é , ao longo do tempo, as respostas mostraram uma diminuição dessa atitude. Misteriosamente, surge um conceito que não pode ser medido e que deve ser aceito. Se você não vê como ele pode ser uma estrutura o problema é seu. Isso me parece mais política do que ciência

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • K

    Kleber Alves Moreira

    ± 10 horas

    Realmente o senhor era o único contra ponto, acho que o mais justo seria um debate entre o senhor e o Silvio Almeida. Seria uma aula muito interessante. Fica a dica.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RENATO FERNANDES ARAUJO

    ± 11 horas

    Excelente explanação. Deixou certas informações mais claras pra mim. Agradeço muito mesmo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gilberto Hey

    ± 12 horas

    Prefiro a teoria do Morgan Feeman!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nico Gavelick

    ± 12 horas

    Muito bom o artigo, Paulo! Gostei especialmente de seu questionamento sobre a educação. Fez-me lembrar das campanhas políticas a cada dois anos. Os candidatos aparecem e dizem: "quero uma educação pública de qualidade". Agora, pergunte para eles como conseguimos isso. Não sabem. É sempre o mesmo discurso vazio e, ao que parece, a militância negra infelizmente está bebendo do mesmo pote de abstrações.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Renato Ramos Martini

    ± 13 horas

    Parabéns pela participação e pelo artigo ! Assisti ao vivo e a impressão é que o Silvio almeida não passou nem perto em responder as indagações do Paulo Cruz. Em favor do bom debate , acredito que chegou a hora do escrevente da gazeta ser o centro do roda viva.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Herman Weksler

    ± 15 horas

    Concordo contigo, a sociedade já desde antiguidade, tem esse preconceito racial, haja vista o conceito que se dá ao "branco" como limpo e puro, e ao "preto" como mau. É difícil erradicar essa forma de pensar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Ricardo Toledo

    ± 15 horas

    Esgotou o tema, mais uma vez. As cadeiras do RV deveriam ser trocadas com Paulo no centro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gerson Luis Maciel

    ± 15 horas

    Discordo quando o articulista diz que "é proibido fazer perguntas". O problema não é fazer perguntas, mas os tipos de perguntas: por que a água é água? Nos níveis primários é uma pergunta aceitável, mas em se tratando de academia, mparece-me bastante pueril.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    André

    ± 16 horas

    Acho que a resposta implicita para a pergunta: “se o racismo é estrutural, como combatê-lo ?” é a velha receita marxista: a revolução, algo bem etéreo e distante da realidade. Concordo plenamente com vc: a saída é enfrentar os obstáculos com consciência mas sem se deixar levar pelo ressentimento. Parabéns pela postura no debate!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Robson Eduardo

    ± 16 horas

    Fico surpreso porque esperava mais de um poderoso acadêmico que, circunstancialmente, é negro. Paulo sempre escreve muito bem!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • K

    Kenji

    ± 16 horas

    Ótimo artigo. Algumas ações "anti racismo" acabam tendo efeito contrário na medida em que erram na dose ou acabam criando acusações generalizadas contra brancos, o que é bem comum. Chegam até a ser um racismo de negros contra brancos. Mas vamos em frente...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alvaro Mendes

    ± 16 horas

    O Roda Viva deu sinal de melhores tempos: permitiu uma voz divergente do mainstream a ser acatado, pelo menos como entrevistador. Ao professor Paulo Cruz, os parabéns habituais pela consistência argumentativa e pragmatismo de estender a abstração acadêmica à realidade particular do cidadão comum.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    Beto

    ± 17 horas

    Muito extenso. A minha ansiedade é maior do que o deleite da leitura.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    mup

    ± 17 horas

    Meu caro Paulo, acompanho seu esforço de pensar a questão do racismo desde um ponto de vista fora do marxismo. Gosto de sua ênfase na liberdade e responsabilidade dos indivíduos e desconfio completamente das soluções que começam e terminam no Estado. Fiquei imaginando sua situação no Programa Roda Viva, cercado por entrevistadores que aceitam - a priori - a premissa de que o racismo é estrutural. E aí, pronto: só é possível superar esse círculo de ferro através da Revolução, método tão amado pela esquerda e que até hoje não resolveu o problema do racismo. Aproveito para parabenizá-lo por divulgar os livros de Sowell, Dalrymple e outros que buscam explicações mais criativas para o tema.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    PAULO RODRIGUES NAVES JUNIOR

    ± 17 horas

    Aqui, como lá, não foste feliz em demonstrar a base de tua discordância. Ao menos no que tange ao aspecto da cultura, que afetam sobremaneira as representações sociais do e sobre o negro, a estruturalidade do conceito é tão visível que sua negação é que se torna exercício estranho e antinatural. Tudo bem ser do contra, mas saber escolher batalhas também é virtuoso. Entenda que obviamente cabe ao indivíduo lutar pelo que quer, mas que essa luta sempre, SEMPRE, de dá como nadar contra a correnteza. Aí, individualmente, quem tem menor resiliência e desiste de nadar, deve ser deixado à mercê porque, "individualmente", lhe faltou brio ou força mental?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    renato mello

    ± 18 horas

    Finalte consegui entender pq não vejo + negros como bandidos, estrupadores e outras sugestões ruins em novelas e na netflix. Conf. estas teorias "após anos vendo telenovelas um indivíduo vai acabar se convencendo que mulheres negras têm vocação natural para o trabalho doméstico ..." (qual a base científica?) Então tenta-se corrigir o racismo contra negros fazendo c/q os brancos sejam vistos como o mal encarnado? Parece-me q o resultado de tanta reparação histórica deu em marxismo disfarçado de Black Lives Matter, destruição da família (já tratado aqui por vc) e da cultura ocidental, com avanços mínimos no BR e gdes perdas nos EUA para os negros. E os brancos no comando de todo o processo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Pedro Zanoni

    ± 19 horas

    O cara tem que ser bom.....independente da cor ..se é preto amarelo azul ou carijó

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    jose santos

    ± 19 horas

    Parabéns pelo ótimo texto, teus alunos são afortunados.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    TIAGO SILVA

    ± 22 horas

    Bom Paulo, mesmo depois do programa acho que vc nao entendeu o que e Racismo Estrutural. Alias, sua participacao no programa foi sofrivel. Entendo o nervosismo de estar ao vivo, mas isso e o mesmo para todos, nao e? O maior ponto foi o fato de vc nao conseguir contra-argumentar o Dr Silvio. Entendo e concordo com alguns pontos seus de nao se vitimar, porem a negacao do Racismo nao contribui para a superacao da realidade de hoje.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    DENISSON HONORIO DA SILVA

    ± 24 horas

    Paulo, houve talvez algum progresso com os teus contrapontos. Luta de classes é uma aberração. Mas o que há é população marginalizada mas não unica do acesso ao conhecimento e ascensão social. Qualquer livro de história descente trará que havia brancos muito pobres escondidos nas florestas sem acesso nenhum às benesses da civilização. E onde estãos os descendentes destes miseráveis? Mas também devemos relativizar que todos os descedentes de proprietários de sesmarias usufruem de riqueza. Façamos uma comparação estapafúrdia. Ná África sem resquicios de brancos como é desigualdade social. Inexiste? Quem são os detentores do poder? O mais claro ou com cabelo liso? Mais alto ou baixo?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Y

    YVONNE MAGGIE de leers costa ribeiro

    ± 1 dias

    Paulo Cruz, como sempre você foi exemplar. Parabéns

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.