i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Pedro Menezes

Foto de perfil de Pedro Menezes
Ver perfil
Para recuperar a economia

O que devemos esperar do plano Pró-Brasil?

  • Por Pedro Menezes
  • 28/04/2020 20:46
O que esperar do plano Pró-Brasil?
O que esperar do plano Pró-Brasil?| Foto: Cristino Martins / Agência Pará

É difícil avaliar os méritos do Plano Pró-Brasil, dado que boa parte das informações oficiais sobre o projeto se resumem a 7 slides que parecem feitos pessoalmente pelo ministro Braga Netto e uma entrevista coletiva com poucos dados concretos, mas muita simbologia política, dada a ausência de Paulo Guedes. Até agora, sabemos apenas que o governo federal pretende gastar mais em infraestrutura.

Uma pergunta vem à mente: o que acontece com o teto de gastos? Paulo Guedes não parece disposto a revogar a emenda constitucional aprovada por Temer. Uma alternativa, cujo método é levemente dilmista, seria incluir as obras como parte das despesas extraordinárias para conter a pandemia, pois o estado de calamidade dispensa o cumprimento das regras fiscais. Mas a caneta do Tesouro Nacional, sob controle de Guedes, terá que aprovar cada despesa. O ministro da economia se vende como inabalável defensor do rigor fiscal e não abre mão disso.

Rogério Marinho, promovido a ministro após o sucesso na reforma da previdência, voltou-se contra o ex-chefe e tem questionado o fiscalismo de Paulo Guedes. Segundo informações da CNN, Marinho pede que o Pró-Brasil receba um reforço maior, que poderia superar R$ 180 bilhões. Caso ele tenha sucesso em sua iniciativa, será muito difícil manter o teto de gastos em vigor e Paulo Guedes no governo.

Esse já é um ponto suficientemente importante para o próprio governo. Com os primeiros pedidos de impeachment já aparecendo, Bolsonaro aguenta perder seu ministro mais importante? A instabilidade política decorrente da queda de Guedes faz parte do impacto econômico do Pró-Brasil.

Outro obstáculo ainda maior está na própria eficiência dos gastos. Diversos planos de expansão dos investimentos em infraestrutura deram errado no Brasil por conta de desafios macro e microeconômicos que ainda não foram resolvidos. Do que adianta gastar se esses problemas seguem em aberto?

Desafios da situação brasileira

O desafio macroeconômico consiste em manter a taxa de juros e a dívida pública sob controle. Uma elevação da taxa de juros esperada no longo prazo prejudicaria o esforço de retomada econômica e a atração de investimentos privados. Gastar bilhões sem se preocupar com a percepção do risco fiscal pelo mercado seria repetir erros do passado.

O desafio microeconômico é ainda mais difícil. O economista Claudio Ferraz aponta, por exemplo, os incentivos políticos para que governadores e prefeitos desviem para outros fins as verbas destinadas à infraestrutura.

A dificuldade de fazer projetos executivos críveis para obras de infraestrutura é um problema recorrente no Brasil. De acordo com um levantamento do TCU, 70% das obras paradas estão nesta situação por erros técnicos ou desistência da empresa responsável. Como as obras do Pró-Brasil pretendem lidar com essa questão? Eis uma resposta que ainda não conhecemos.

Não faltam oportunidades para estimular a economia através de obras públicas. O saneamento público brasileiro é uma lástima e investimentos nesta área certamente trariam ótimo retorno social. Idem para o transporte de cargas e pessoas – da mobilidade urbana às ferrovias, sobram projetos com bom potencial.

O Estado brasileiro é capaz de planejar investimentos em infraestrutura com bons projetos, alto retorno, capacidade de estimular a economia e concluir as obras no prazo previsto? Certamente esta é uma possibilidade, mas não se trata do cenário mais provável.

Dada a história recente do país, afirmar que o Pró-Brasil será exitoso é como afirmar que há Emmanuel Macron e Angela Merkel estão sambando na porta da sua casa enquanto você lê este texto: não é fisicamente impossível que isso esteja ocorrendo, mas você sabe que é improvável porque eles jamais sambaram na frente da sua casa anteriormente. Alegações extraordinárias exigem evidências extraordinárias.

Para convencer alguém de que o Pró-Brasil será diferente de outros projetos que já fracassaram com as mesmas intenções – como o PAC –, o governo precisa apresentar evidências extraordinárias. Os 7 slides apresentados por Braga Netto na semana passada representam, se muito, politicagens ordinárias, platitudes que sempre estiveram presentes nos discursos de Brasília.

13 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 13 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • I

    Irineu Berestinas

    ± 3 dias

    A coisa aqui tá ficando meio raleada... Tá faltando proteína e algumas gordurinhas... a menos que o objetivo seja servir carne mal passada.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Vitor Chvidchenko

    ± 3 dias

    Bom artigo. É totalmente absurdo um mesmo governo que possui a equipe econômica de Paulo Guedes apresentar um "Plano Pró-Brasil", de caráter keynesiano-desenvolvimentista e irresponsável do ponto de vista fiscal. Seria mais ou menos como ter, no mesmo governo, a equipe do Plano Real e Guido Mantega. É inacreditável. Um governo que não se entende nem entre si. Ainda quer governar o país. Vai esperando sentado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos eisenschlag

    ± 3 dias

    Esse plano so' poderia ter saido da sapiencia de um general. So' mesmo um keynesiano para achar que em um cenario global de JUROS ZERO, e em alguns paises JURO REAL NEGATIVO, com EXTREMA liquidez no mundo, o governo tem que se endividar AINDA mais a juros de 4%+IPCA para fazer obras que podem ser obtidas permitindo a atuacao da iniciativa privada. Guedes nao estar incluido nesse plano so' depoe A FAVOR dele mesmo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • H

    Hélio

    ± 3 dias

    Assisti ao vivo a exposição do PROJETO PRÓ-BRASIL, e fico triste de ver com a imprensa distorce tudo. Primeiro estão dizendo que é um Plano Econômico, e que por isso o ministro da economia é quem deveria estar coordenando. Plano econômico para mim é algo que estabelece regras sobre câmbio, taxas de juros e todas as demais indicações de política econômica. Segundo não vi ninguém falar em o governo tirar do bolso 180 bilhões, mas apenas 30 bilhões e assim mesmo de alguns projetos já em andamento. O restante viria da inciativa privada, com concessões. Então tudo parece mais desinformação ou má vontade dos analistas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 3 dias

      É isso mesmo, Takushi. O fato do governo federal ter vindo a público para apresentar este plano, por si só, já mostra como eles estão perdidos. Não sabem nem mais para que lado ir. Estão que nem aquela foto clássica do Jânio, com um pé para cada direção.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • T

      Takushi

      ± 3 dias

      plano foi cancelado antes mesmo de entrar em vigor - maior mico, reunir toda aquela gente anunciar altos investimentos e depois cancelar tudo - como se não tivesse existido.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luiz H. Enderle

    ± 3 dias

    28/04 às 20:46, e o plano Pró-Brasil já havia sido cancelado pelo período da tarde. Articulista muito bem informado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alcir Carlos Sereni

    ± 3 dias

    Tudo se resume em uma reforma tributária, não muito radical, basta simplificar o processo de calculo do impostos e simplesmente eliminar o IPI, E NÃO COLOCAR OUTRO NO LUGAR, o Brasil vira uma china em termos de produto industrial.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • _

    __Cloroquina!__

    ± 3 dias

    Nada. Mais um plano que saiu da cartola do Guedes. Nada que vem deste homem dá bons frutos para a população. Estamos há 15 anos recebendo roupa suja do governo Bozo, governo este que não consegue fazer entregas boas, concretas, tangíveis, para o povo do Brasil. 15 meses de intrigas e fofocas falsas. Com o Guedes e a família Bozo, Brasil não sai do buraco. Não adianta insistir. Sofreremos com Guedes e Bozo, até 31-12-2022 e no pós 2022, com o Bozo cheio de informações secretas surrupiadas da PF. A milícia agradece.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 3 dias

      Você tem que ser totalmente ignorante em Economia para achar que o "Plano Pró-Brasil" saiu da cabeça de Guedes. O plano vai CONTRA TUDO o que Guedes sempre defendeu e acreditou! Veja bem: eu também não concordo com algumas idéias econômicas de Paulo Guedes (e já disse isso aqui várias vezes), mas daí a achar que ele criaria um plano desenvolvimentista-keynesiano já é total delírio. Rapaz (Sr. "Cloroquina"), vá estudar um basicão de economia, POR FAVOR!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • L

      Luiz H. Enderle

      ± 3 dias

      Que tipo de mudança você espera ver com 1 ano de mandato e uma pandemia de escala global acontecendo? O PT teve 16 anos pra colocar o Brasil no buraco, não é de uma hora pra outra que iremos sair.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Takushi

    ± 3 dias

    não esperar nada - o plano foi cancelado hoje

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • V

      Vitor Chvidchenko

      ± 3 dias

      Tremenda vergonha que este governo está passando... anunciar com fogos de artifício um "plano milagroso de recuperação econômica" (milagroso coisa alguma, é claro - trata-se de um plano fajuto e desastroso, impossível de dar bons resultados) para, pouco depois, vir a público dizer que "era tudo brincadeira", o plano está cancelado. Bolsonaro está perdidinho... o governo dele já acabou, só ele é que ainda não percebeu. Que vergonha!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.