Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Lula quer repetir palanque com Requião no Paraná.
Lula quer repetir palanque com Requião no Paraná.| Foto: Arquivo / Alice Vergueiro / Estadão Conteúdo

Ainda sem partido e procurando viabilizar sua pré-candidatura ao governo do Paraná, o ex-senador e ex-governador Roberto Requião ganhou, nesta quinta-feira (3), mais um importante entusiasta para que ele seja o candidato apoiado pelo PT no estado. O ex-presidente e pré-candidato do Partido dos Trabalhadores à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que quer a sigla apoiando Requião.

WhatsApp: receba notícias do Paraná no seu celular

“Estamos comprometidos a apoiar no Paraná o companheiro Requião. Vou trabalhar para que ele seja candidato a governador e que o PT o apoie”, escreveu Lula, no Twitter, após conceder entrevista a uma rede de rádios do interior do Paraná.

| Roger Azevedo Costa Pereira

Requião está sem partido desde que se desfiliou do MDB após perder a convenção partidária para o deputado estadual Anibelli Neto, em agosto do ano passado. No mesmo dia em que deixou o MDB, o ex-governador já recebeu convite do PT para se filiar ao partido e ser o candidato petista ao governo do estado. Requião, no entanto, ainda avalia outras opções, como o PSB (embora haja rejeição da cúpula estadual do partido), o PDT e o PV. A definição da nova legenda do ex-governador passa pela viabilidade da reeleição do deputado estadual Requião Filho (MDB), que deve acompanhar o pai e trocar de legenda na janela partidária de março.

Presidente do PT do Paraná, o deputado estadual Arilson Chiorato reafirmou que o partido apoiará Requião mesmo que ele escolha outra sigla para disputar as eleições. “O caminho é o Requião ser candidato a governador. Para nós, seria uma honra que fosse pelo PT. Já fizemos o convite. Mas a escolha partidária é dele e, para onde ele for, iremos junto. Acho que ele escolherá um partido dentro da federação que está sendo construída no âmbito nacional, com PT, PSB, PV e PCdoB”, disse.

“No PT ou em qualquer outro partido, ele será nosso candidato, porque é o único projeto progressista colocado para o Paraná até o momento, com resgate da função do estado, dos programas sociais e das nossas empresas públicas”, reforçou. Chiorato revelou ainda que foi procurado por Lula nesta quinta-feira, com o pedido para “dar todo o suporte político para a candidatura do Requião e para que ele tenho o apoio incondicional do nosso partido”.

Por meio da assessoria de imprensa, Requião comentou, brevemente, a declaração de Lula: "Fiquei satisfeito e seguramente trabalharemos juntos nessa campanha”, disse.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]