Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Foto: Fiat/ Divulgação
Foto: Fiat/ Divulgação| Foto:

Não há como negar que os SUVs ganharam a preferência da maioria dos consumidores brasileiros. Mas nem todos querem levar um modelo para casa, ou, em alguns casos, o bolso nem sequer alcança. Os preços dos utilitários compactos zero km mais vendidos no país têm versões que beiram ou ultrapassam os R$ 100 mil.

Por isso, no Brasil criou-se o carro com 'estilo aventureiro urbano'. É uma categoria dentro do segmento dos hatches compactos para quem tem o desejo de dirigir um veículo com visual fora de estrada.

Algumas opções no mercado até vão além do apelo puramente estético e oferecem atributos, como suspensão reforçada, pneus de uso misto e bom vão livre do solo, que permitem uma brincadeira naquela estradinha de terra inocente.

>> Preços do zero km já foram reajustados três vezes em 2019 e nem chegamos à metade do ano

Listamos 11 opções de hatches compactos aventureiros para ajudá-lo na escolha. Veja qual combina melhor com seu espírito de jipeiro – ou de pacato cidadão mesmo.

11 – Citroën C3 Urban Trail

Foto: Citroën/ Divulgação
Foto: Citroën/ Divulgação
Preço R$ 65.990
Motor1.6 16v - 118/115 cv e 16,1 kgfm
Vão livre do solo13 cm
Ângulo de entradanão informado
Ângulo de saídanão informado
Pneus195/55 R16

O Citroën C3 Urban Trail é a versão que pretende ser aventureira, mas puramente para desfilar na cidade como o próprio nome sugere – um hatch aventureiro de fachada. Os pneus têm perfil baixo e são voltados para o asfalto e não há mudança na altura da suspensão.

Em contrapartida, oferece o capricho da marca, com bom acabamento interno. O motor 1.6 tem performance satisfatória e a dirigibilidade é um dos destaques. Só que é caro, ainda mais para a tímida lista de itens de série.

  • Principais equipamentos: luzes de condução diurna; central multimídia com tela de 7”; espelhamento de celular; ar-condicionado automático; direção elétrica; trio elétrico; chave tipo canivete; volante em couro com ajustes de altura e profundidade; e computador de bordo.
  • Itens estéticos: teto pintado de preto; molduras pretas nas laterais com bolsas protetoras; molduras escuras nas caixas de rodas; entrada de ar preta no para-choque; capas dos retrovisores escurecidas; rodas de liga leve aro 16 com desenho exclusivo; e bancos com bordados com o nome da versão.

>> Peugeot 2008 adota visual dos SUVs maiores e corrige mancada do câmbio

10 – Volkswagen Fox Xtreme

Foto: Volkswagen/ Divulgação
Foto: Volkswagen/ Divulgação
PreçoR$ 56.090
Motor1.6 8v - 104/101 cv e 10,6/ 9,7 kgfm
Vão livre do solo16,1 cm
Ângulo de entrada16,6°
Ângulo de saída37,8°
Pneus195/50 R16

O Fox Xtreme chegou em 2017 e substituiu o CrossFox, felizmente sem o famigerado estepe pendurado na traseira. Segue o apelo compacto aventureiro com toques esportivos.

Destaque para o farol de neblina retangular que também serve como luz de conversão estática (ao virar o volante para um dos lados ela acende) e como farol de milha.

O Fox Xtreme tem bons itens de série, como a central multimídia com espelhamento de smartphone e câmera de ré, a posição elevada de dirigir, mas o centro de gravidade alto ainda o torna um carrinho meio João Bobo nas curvas.

A VW vacilou em equipar essa Xtreme com o velho motor 1.6 EA111, de 104 cv, que já teve seu tempo, mas agora sente o peso maior dessa configuração, em vez do 1.6 16V MSI, de 122 cv.

  • Principais equipamentos: câmera e sensor de ré; central multimídia com espelhamento de celular; ar-condicionado; direção elétrica; trio elétrico; chave tipo canivete; banco com ajuste de altura; e computador de bordo
  • Itens estéticos: grade dianteira do tipo colmeia com filete cromado; para-choque exclusivo com luzes auxiliares (de neblina, estática de auxílio à curva e de milha); faróis e lanternas com máscara negra; molduras foscas nas caixas de rodas e laterais; spoiler traseiro; capas dos retrovisores e barras no teto pintadas de preto; rodas diamantadas escurecidas aro 16; bancos exclusivos com costuras vermelhas; e volante revestido de couro.

9 – Toyota Yaris X-Way

Foto: Toyota/ Divulgação
Foto: Toyota/ Divulgação
PreçoR$ 78.990
Motor1.5 16v - 110/105 cv e 15,2/ 14,6 kgfm
Vão livre do solo15 cm
Ângulo de entradanão informado
Ângulo de saídanão informado
Pneusdo tipo verde 185/60 R15

A versão X-Way do Yaris é puramente estética. Os pneus são de baixa resistência à rodagem, não há mudanças no acerto da suspensão, tampouco em sua altura. O destaque do compacto da Toyota fica mesmo nos equipamentos de série, com controles de estabilidade e tração, câmera de ré e revestimento de couro.

O desempenho também agrada e alia o econômico motor 1.5 com a transmissão do tipo CVT herdada do Corolla, que tem o melhor acerto para um câmbio continuamente variável no país.

  • Principais equipamentos: controles de estabilidade e tração; assistente à partida em rampas; câmera de ré; retrovisor eletrocrômico; Isofix; central multimídia com espelhamento de celular; ar- condicionado automático; direção elétrica; trio elétrico; chave presencial para abertura das portas e acionamento do motor; couro; sensor de luminosidade; banco e volante com ajuste de altura; controle de cruzeiro; e computador de bordo.
  • Itens estéticos: rodas de liga leve pintadas de preto; grade frontal com detalhes escurecidos e cromados; molduras das caixas de roda; apliques nos para-choques e barras no teto pretas;, frisos laterais; e tapetes exclusivos com o nome da versão.

>> Placa Mercosul terá novas regras para uso e troca, define governo

8 – Fiat Uno Way

Foto: Fiat/ Divulgação
Foto: Fiat/ Divulgação
PreçosR$ 47.990 (1.0) e R$ 52.990 (1.3)
Motores1.0 6v - 77/72 cv e 9,8/ 9,4 kgfm \ 1.3 8v - 109/101 cv e 14,2/ 13,7 kgfm
Vão livre do solo19 cm
Ângulo de entrada29,4
Ângulo de saída22,7º (1.0) e 22,5º (1.3)
Pneusdo tipo verde 175/70 R14

O Uno Way tem suspensão elevada em 1,8 cm e só. O resto no compacto aventureiro  é decorativo. A novidade mais recente foi a adoção dos novos motores FireFly, que tornaram o Fiat mais econômico e menos áspero no rodar. Em especial o motor 1.3, que deixou o hatch mais esperto nas primeiras acelerações.

A assistência elétrica da direção tem função City, que, através de um botão, alivia o esforço de esterçamento em situações de manobra. O Uno Way peca mesmo é na lista de itens de série enxuta, que não inclui som, rodas de liga leve ou retrovisores elétricos.

  • Principais equipamentos: ar-condicionado; direção elétrica com função City; vidros dianteiros e travas elétricos; volante com ajuste de altura; econômetro; e banco traseiro rebatível.
  • Itens estéticos: barras no teto, apliques cinzas nos para-choques, faróis e lanternas com máscara negra, molduras das caixas de roda na cor cinza, frisos laterais com o nome da versão, volante e painel com detalhes em tom grafite e calotas exclusivas para as rodas de aço aro 14.
  • Versão 1.3: + monitoramento dos pneus; start/stop do motor; chave tipo canivete; computador de bordo; e preparação para som.

7 – Chevrolet Onix Activ

Foto: Chevrolet/ Divulgação
Foto: Chevrolet/ Divulgação
PreçoR$ 62.290
Motor1.4 8v - 106/98 cv e 13,9/ 13,0 kgfm
Vão livre do solo16,1 cm
Ângulo de entrada21,8°
Ângulo de saída37,9°
Pneusde uso misto 195/65 R15

O Onix, carro mais vendido do país, também tem sua versão “quero ser SUV” com os revestimentos escurecidos, vincos no capô e estilosas barras no teto em forma de “U”.

O Onix Active, porém, tem suspensão elevada em 3 cm, o que, segundo a GM, melhorou o ângulo de entrada do hatch compacto em 20%. Ao mesmo tempo, o carro vem com a eficiente central MyLink, com o serviço de concierge integrado e câmera de ré. E também recebe caixa automática de seis marchas por R$ 5.400 a mais.

O problema é que o Onix ganhará nova geração no fim deste ano.

  • Principais equipamentos: câmera e sensor de ré; monitoramento dos pneus; central multimídia com tela de 7” e espelhamento de celular; ar-condicionado; direção elétrica; trio elétrico; sensor de chuva; volante com ajuste de altura; chave tipo canivete; alarme; e computador de bordo
  • Itens estéticos: apliques escurecidos no entorno dos faróis de neblina, nas caixas de roda, nas laterais e no para-choque traseiro; faróis e lanternas com máscara negra; capas dos retrovisores e coluna central pintadas de preto; barras no teto; acabamento inferior frontal tipo peito de aço; rodas de liga leve aro 15 com 10 raios; acabamento interno preto e laranja; e bancos com tecido exclusivo.

>> Ford aposta em novos SUVs para voltar a crescer no Brasil

6 – Hyundai HB20X

Foto: Hyundai/ Divulgação
Foto: Hyundai/ Divulgação
Preçosde R$ 63.990 (Style) a R$ 72.590 (Premium AT)
Motor1.6 16v - 128/122 cv e 16,5/ 16,0 kgfm
Vão livre do solo20,6 cm
Ângulo de entrada19,7°
Ângulo de saída34,5°
Pneusde uso no asfalto 195/65R15

O HB20X segue a receita básica do compacto aventureiro: tem suspensão elevada em 3 cm, o que lhe confere bom vão livre do solo de mais de 20 cm, pneus maiores e os indefectíveis aparatos lameiros.

Mas o melhor é na mecânica. A direção elétrica, exclusiva da linha desde a reestilização, é mais precisa em altas velocidades.

O desempenho do motor 1.6 no HB20X agrada na cidade e garante boa viagem na estrada. O câmbio manual de seis marchas tem na sexta marcha um belo overdrive, enquanto a caixa automática, também de seis, garante trocas suaves.

A suspensão tem acerto levemente mais firme nesta versão X em relação ao HB20 “comum”, mas o comportamento do hatch como um todo ainda é bastante molengão.

O HB20 é outro que ira mudar. Receberá uma atualização no segundo semestre. Isso pode significar descontos na linha atual, caso você não se importe com a mudança.

A lista de itens de série do HB20X é enxuta e deve câmera de ré na boa central blueMedia.

  • Principais equipamentos: Isofix; central multimídia com tela de 7”, TV e espelhamento de celular; ar-condicionado; direção elétrica; trio elétrico; volante com ajustes de altura e de profundidade; chave tipo canivete; alarme; e computador de bordo.
  • Itens estéticos: molduras pretas nas caixas de roda e nos para-choques; faróis e grade com molduras cromadas; barras no teto; acabamento inferior no para-choque tipo peito de aço; faróis com máscara negra; rodas de liga leve aro 16 diamantadas e com detalhes em preto; maçanetas internas, pomo da alavanca de câmbio e saídas de ar cromadas; painel com acabamento escuro; e bancos com tecido exclusivo preto.
  • Versão Premium: + airbags laterais; sensor de ré; retrovisores rebatíveis eletricamente; ar digital; sensores de luminosidade e de chuva; e banco traseiro bipartido.

5 - Renault Kwid Outsider

Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
Preço R$ 43.990
Motor1.0 12v, de 70/66 cv e 9,8/ 9,4 kgfm
Vão livre do solo18 cm
Ângulo de entrada24°
Ângulo de saída40°
Pneus 165/70R14

Mais um da turma do aventureiro de boutique, sem adaptação mecânica em relação à versão comum que facilite encarar terrenos mais hostis.

O Kwid já traz um bom vão livre do solo (18 cm), similar ao do irmão maior Sandero Stepway, porém, com melhores números nos ângulos de entrada e saída. Isso garante passagens em lombadas e valetas sem sustos.

>> Renault reforça cara de SUV do Kwid com versão aventureira urbana Outsider

Uma das vantagens do modelo é o seu baixo peso - menos de 800 kg -, que propicia um desempenho satisfatório do pequeno motor 1.0 tricilíndrico. O consumo também agradece, com registros acima de 14 km/l de gasolina na cidade.

Os apliques 'aventureiros' reforçaram a 'carinha de SUV' do subcompacto. As calotas em preto enganam bem a presença da roda em aço aro 14. É a opção mais em conta desta lista e o único a vir com airbags laterais.

  • Principais equipamentos: direção elétrica; ar-condicionado; Isofix; trio elétrico; airbags laterais; central multimídia com conexão Android Auto e Auto CarPlay e câmera de ré; faróis de neblina; e chave tipo canivete.
  • Itens estéticos: faróis de neblina com moldura personalizada; barras de teto; skis frontal e traseiro; proteção lateral em plástico rígido; calotas na cor preta; adesivos laterais com o nome da versão; e detalhes em laranja no volante, câmbio, portas e bancos.

4 – Renault Stepway

PreçosR$ 60.790
Motor1.6 16V - 128/122 cv e 15,9 kgfm
Vão livre do solo18,5 cm
Ângulo de entrada19°
Ângulo de saída19°
Pneusde uso misto 195/60 R16

Dica boa para quem quer espaço e gosta realmente de visual robusto. A versão Stepway garante ao Sandero, hatch compacto altinho, um aspecto ainda mais parrudo, principalmente devido à suspensão 4 cm mais alta.

O novo motor 1.6 16v SCe deu outra vida ao Stepway, principalmente graças ao rodar menos áspero e mais econômico. É um dos poucos do segmento que leva dois adultos e uma criança no banco de trás com folga para pernas.

O que pega no Sandero ainda é a posição de dirigir esquisita, a central multimídia difícil de visualizar e o acabamento repleto de plástico de aparência ruim, cuja qualidade fica mais evidente com o contraste dos apliques laranjas desta configuração aventureira.

  • Principais equipamentos: Isofix; central multimídia com espelhamento de celular e câmera de ré; sensor de ré; ar-condicionado; direção eletro-hidráulica; trio elétrico; start/stop do motor; volante revestido de couro com ajuste de altura; computador de bordo; e banco traseiro bipartido
  • Itens estéticos: para-choques exclusivos com acabamento inferior na cor prata; molduras escurecidas nas caixas de rodas; saias laterais escurecidas; faróis e lanternas com máscara negra; barras no teto; bancos com costuras aparentes, detalhe preto brilhante no painel; volante com a inscrição do nome da versão; e detalhes laranja nas saídas de ar e no quadro de instrumentos

3 – Volkswagen Cross up!

Foto: Volkswagen/ Divulgação
Foto: Volkswagen/ Divulgação
PreçoR$ 62.430
Motor1.0 12v turbo - 105/101 cv e 16,8 kgfm
Vão livre do solo16,3 cm
Ângulo de entrada20,2°
Ângulo de saída31,7°
Pneusdo tipo verde 185/60 R15

O melhor do Cross up! é seu motor 1.0 TSI turbinado, extremamente econômico e que confere condução divertida ao up!. As arrancadas são espertas e as retomadas garantidas pelo bom torque em baixos giros.

Outro destaque é a qualidade de construção, com comportamento dinâmico exemplar em curvas e na estrada. O Cross up! peca, como o restante da linha, no custo-benefício. É um carro para quatro pessoas, com porta-malas pequeno, só alguns itens de série de destaque e que passa dos R$ 62 mil. O acabamento interno do compacto com muito plástico também não anima.

Vale lembrar que na linha 2020, a versão cross up! será substituída pela Xtreme.

  • Principais equipamentos: controle de tração; sensor de ré; Isofix,; faróis de neblina com conversão estática; central multimídia com espelhamento de celular; ar-condicionado; direção elétrica; trio elétrico; sensores de luminosidade e de chuva; chave tipo canivete; volante revestido em couro com ajuste de altura; computador de bordo; e suporte para celular
  • Itens estéticos: faróis com máscara negra e molduras cromadas; molduras dos para-choques; capas dos retrovisores e barras em acabamento prata; moldura dos para-lamas e frisos laterais em preto; bancos exclusivos; e acabamento cinza brilhante no painel e carpetes

2 – Fiat Argo Trekking

PreçoR$ 58.990
Motor1.3 8v - 109/101 cv e 14,2/ 13,7 kgfm
Vão livre do solo21 cm
Ângulo de entrada21°
Ângulo de saída31,1°
Pneusde uso misto 205/60 R15

O Fiat Argo Trekking tem a seu favor a dirigibilidade elogiável da linha e o bom nível de acabamento, que ganhe ar sofisticado com os padrões mais escuros interior com detalhes cromados e costuras aparentes.

O motor 1.3 dá conta de empurrar o compacto aventureiro com certa sobra para a cidade, e o novo ex-Adventure da Fiat tem 4 cm a mais de distância do chão graças à suspensão e aos pneus.

>> Fiat Argo ganha versão aventureira Trekking para encarar o ‘off road urbano’

O injustificável é a roda de liga leve aro 16 ser opcional, o que soma mais R$ 1.590 ao modelo – a câmera de ré também é por fora, e sai por R$ 700.

  • Principais equipamentos: sensor de ré; monitoramento dos pneus; central multimídia com tela de 7” e espelhamento de celular; ar-condicionado; direção elétrica; trio elétrico; volante revestido de couro com ajuste de altura; chave tipo canivete; alarme; e computador de bordo.
  • Itens estéticos: teto, spoiler e capas dos retrovisores pintados de preto; adesivo preto sobre o capô; barras no teto; molduras escuras das caixas de rodas; saias laterais; ponteira de escapamento esportiva; logotipo escurecido; bancos exclusivos com costuras aparentes; e molduras cromadas nas saídas de ar.

1 – Ford Ka Freestyle

PreçoR$ 64.090
Motor1.5 12v - 136/128 cv e 16,1/ 15,6 kgfm
Vão livre do solo18,8 cm
Ângulo de entrada17,1º
Ângulo de saída24°
Pneusde uso misto 185/60 R15

O Ford Ka Freestyle é o compacto aventureiro mais equipado desta lista, e também o com acerto dinâmico mais interessante.

Firme em curvas e confortável ao lidar com buracos, graças à novas calibragens na suspensão e direção na linha 2019, o Ka Freestyle recebe o eficiente motor 1.5 três cilindros , além dos itens de diferenciação esperados e suspensão elevada em 2,4 cm.

O problema é o preço, que vai a R$ 67.840 com o câmbio automático de seis velocidades. Também passará por uma mudança, com estreia prevista agora em junho.

  • Principais equipamentos: seis airbags; controles de estabilidade e tração; assistente à partida em rampas; câmera e sensor de ré; central multimídia com tela de 6,5” e espelhamento de celular; ar-condicionado; direção elétrica; trio elétrico; bancos de couro; volante revestido de couro com ajuste de altura; alarme; e computador de bordo
  • Itens estéticos: grade frontal escura, acabamento inferior do para-choque tipo peito de aço; barras no teto na cor prata; retrovisores preto; moldura e acabamento escurecido dos faróis de neblina; faróis com máscara negra e moldura cromada; molduras pretas das caixas de roda; aplique preto na coluna central; rodas de liga leve aro 15”; preto brilhante no painel e nas maçanetas e internas e cromados nas saídas de ar.

SIGA O AUTO DA GAZETA NO INSTAGRAM

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]