Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

premiação

Curitiba tem quatro vencedores no HQMIX 2016, o Oscar dos quadrinhos

Rogério Coelho ganhou na categoria Desenhista Nacional , Felipe 5Horas, um dos ilustradores do “Guia Culinário do Falido”, o retorno de “O Gralha” e Cena HQ também levam troféus

  • Angela Corrêa Especial para a Gazeta do Povo
O artbook “O Gralha” ganhou na categoria Publicação Independente de Grupo. | Divulgação
O artbook “O Gralha” ganhou na categoria Publicação Independente de Grupo. Divulgação
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Foram anunciados nesta segunda-feira (15) os vencedores da 28ª edição do Troféu HQMIX , a premiação mais importante dos quadrinhos brasileiros. Neste ano, quatro nomes curitibanos estão entre os vencedores e receberão seus troféus em cerimônia no dia 3 de setembro, no Sesc Pompeia, em São Paulo.

Rogério Coelho, paulistano radicado em Curitiba, foi escolhido o melhor desenhista nacional por seu trabalho em “Graphic MSP Louco – Fuga” e “O Barco dos Sonhos”.

Na categoria Publicação de Humor ganhou “Guia Culinário do Falido em Quadrinhos”, álbum no qual o curitibano Felipe 5Horas divide os traços com mais quatro artistas.

O projeto Cena HQ, que levou aos palcos adaptações dos quadrinhos para os palcos curitibanos, ganhou seu terceiro prêmio na categoria Adaptação para Outra Linguagem pela versão de “Beladona”, quadrinho de Ana Recalde e Denis Mello. O projeto, idealizado pela Quadrinhofilia e pela companhia teatral Vigor Mortis, chegou ao fim neste ano por falta de patrocínio.

Por fim, o retorno do mais curitibano dos super-heróis também não passou em branco. O artbook “O Gralha” ganhou na categoria Publicação Independente de Grupo. O personagem, surgido em 1997 em uma edição especial que comemorava os 15 anos da Gibiteca de Curitiba, ficou ao menos 13 anos sem reaparecer e voltou em publicação de 2014. O artbook, lançado em 2015, comemora os 18 anos de criação do Vigilante das Araucárias, um herói de muitos pais: Alessandro Dutra, Antonio Eder, Augusto Freitas, Edson Kohatsu, Gian Danton, José Aguiar, Luciano Lagares, Nilson Müller e Tako X.

Homenagens

Neste ano, os vencedores ganharão uma escultura do artista plástico Olintho Tahara, que produziu a personagem Super-Mãe, de Ziraldo. Duas mulheres serão homenageadas neste ano: Alice Takeda, diretora de arte do Estúdio Mauricio de Sousa, à frente de cerca de 100 desenhistas e roteiristas, que produzem aproximadamente uma revista por dia e a ilustradora Eva Furnari .

Criado pelos desenhistas JAL e Gualberto Costa, o prêmio herdou o nome do programa em que foi criado, o TV MIX, da TV Gazeta, então comandado por Serginho Groisman. Padrinho da premiação, Groisman continua à frente da apresentação do prêmio.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE