Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Devido ao tapa no comediante Chris Rock, ator americano não poderá participar de eventos da Academia durante dez anos
Devido ao tapa no comediante Chris Rock, ator americano não poderá participar de eventos da Academia durante dez anos| Foto: EFE/EPA/ETIENNE LAURENT

A Academia de Hollywood aprovou nesta sexta-feira (8) o veto a Will Smith em todos os eventos que organiza, incluindo a premiação do Oscar, pelos próximos dez anos em consequência do tapa que o ator deu em Chris Rock durante a última cerimônia.

“O senhor Smith não terá permissão para comparecer, física ou virtualmente, a nenhum dos eventos ou programas da Academia de Hollywood, incluindo, mas não exclusivamente, o Oscar”, afirmaram o presidente da Academia, David Rubin, e sua conselheira executiva, Dawn Hudson.

A breve declaração não especifica se o ator ainda é elegível para receber indicações ao prêmio, apesar do veto que proibiria sua participação na cerimônia no caso hipotético de ser indicado.

O Conselho de Governadores da Academia, que se reuniu nesta sexta-feira de forma excepcional, acabou por optar por esta proibição temporária, rejeitando assim a punição mais drástica das que estavam sendo cogitadas: a retirada do Oscar que Smith recebeu no palco no dia 27 de março, minutos depois de dar um tapa em Chris Rock.

A expulsão permanente da organização, outra sanção que estava em cima da mesa, foi automaticamente descartada quando o próprio Smith renunciou à sua adesão à Academia na semana passada.

“Durante a transmissão, não abordamos adequadamente a situação na sala. Por isso, pedimos desculpas”, admitiram nesta sexta-feira os diretores da Academia.

Rubin e Hudson reconheceram que “ficaram aquém” ao reagir ao incidente, o que teria criado uma “oportunidade de dar o exemplo para convidados, espectadores e membros da Academia em todo o mundo”. “Não estávamos preparados para algo sem precedentes”, justificaram.

Da mesma forma, agradeceram a Rock por sua integridade no palco e aos demais participantes por sua “compostura e graça” durante a cerimônia.

Na ocasião, Rock subiu ao palco para apresentar o Oscar de melhor documentário e fez uma piada sobre a cabeça raspada de Jada Pinkett-Smith, que reconheceu publicamente que sofre de alopecia.

Depois que Pinkett-Smith fechou os olhos brevemente demonstrando aborrecimento, seu marido se levantou de sua cadeira e caminhou até o palco para dar um tapa na cara de Rock. “Mantenha o nome da minha esposa fora da p**** da sua boca”, gritou Smith, para perplexidade geral.

Essa frase foi censurada na transmissão televisiva para os Estados Unidos, mas foi perfeitamente ouvida em outras partes do mundo. Minutos depois, o ator subiu para receber o Oscar de melhor ator por “King Richard: Criando Campeãs”.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]