i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
balanço

Dez pessoas morreram em acidentes no feriado de Ano Novo no Paraná

Ao todo, foram 216 acidentes em rodovias federais e estaduais. Excesso de velocidade ainda é o campeão de ocorrências

  • PorDa Redação
  • 02/01/2018 17:02
Excesso de velocidade ainda foi a ocorrência mais comum | Assessoria de Comunicação Social PRF/Divulgação
Excesso de velocidade ainda foi a ocorrência mais comum| Foto: Assessoria de Comunicação Social PRF/Divulgação

Dez pessoas morreram vítimas de acidentes de trânsito durante o feriado de Ano Novo nas estradas que cortam o Paraná. E a maioria delas aconteceu exatamente nas rodovias estaduais. Segundo o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), foram oito mortes em 94 acidentes em todo o território paranaense entre a tarde de sexta (29) e o início da manhã desta terça-feira (2). Metade dos óbitos aconteceu no dia 31 de dezembro.

Já nas BRs, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou duas mortes em 122 acidentes durante o feriado. Na sexta-feira, uma colisão frontal envolvendo dois caminhões matou uma pessoa na BR-163, na região de Santa Lúcia, no Oeste paranaense. Conforme a polícia, um dos veículos perdeu o controle, invadindo a pista contrária e colidiu frontalmente com a outra carreta. Outras três pessoas ficaram feridas no acidente. A pista estava molhada.

No primeiro dia de 2018, uma carreta que tombou na BR-153, em Paulo Frontin, e deixou uma pessoa ferida e uma criança de 11 anos morte. Segundo a equipe da PRFs que atendeu à ocorrência, a pista estava seca, mas o motorista não teria conseguido frear e tombou.

Apesar da gravidade dos casos, a BPRv destaca que o número apresentado neste feriado é menor do que o comparado no mesmo período do ano passado, quando nove pessoas perderam a vida nas rodovias estaduais. Além disso, nos 94 acidentes computados nas PRs — a maioria deles no sábado (30) —, o batalhão computou ainda 117 feridos e três atropelamentos.

Nas rodovias federais, em 2016, foram 93 acidentes e 14 mortes. No entanto, a PRF diz não ser possível fazer um balanço comparativo, já que o fato de o Ano Novo ter caído em um domingo no ano passado influencia diretamente nos números.

Excesso de velocidade

No entanto, o excesso de velocidade continua sendo a infração mais cometida nas rodovias paranaenses durante o feriado. Segundo a PRF, entre a última sexta (29) e esta segunda-feira (1º.), 4.682 veículos foram flagrados acima da velocidade máxima nas estradas federais. Já nas rodovias estaduais, BPRv registrou 3.152 ocorrências deste tipo no mesmo período.

De acordo com o Batalhão,a segunda-feira (1º) foi o dia em que os motoristas mais pisaram no acelerador. Quase metade dos veículos (1.404) que ultrapassaram o limite de velocidade nas PRs foi flagrada no primeiro dia do ano. Ainda assim, o balanço é considerado positivo. “No Litoral tivemos congestionamentos intensos, os quais diminuem a velocidade dos condutores e consequentemente diminuem as autuações. Não tivemos acidentes graves, mas ainda notamos a pressa do condutor no primeiro dia e no retorno do feriado”, explica o comandante do BPRv, tenente-coronel Erich Wagner Osternack.

Outras ocorrências

Só nas praias, foram 1.242 veículos flagrados nos radares usados pela polícia rodoviária estadual. Além disso, quatro motoristas foram autuados por dirigirem embriagados nos balneários. Em todo o Paraná, foram sete ocorrências nas PRs. Já a PRF contabilizou 54 motoristas bêbados.

Outro dado que chama a atenção nas rodovias federais foi o alto número de crianças sendo transportadas sem a cadeirinha ou mal acondicionadas. Foram 40 casos flagrados por agentes da PRF — ou seja, uma média de 10 casos por dia. A infração é considerada gravíssima e a multa é de R$ 293,47 com sete pontos na CNH.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.