Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Curitiba
  3. Itaperuçu busca doações para moradores vítimas da tempestade: saiba como ajudar

RECONSTRUÇÃO

Itaperuçu busca doações para moradores vítimas da tempestade: saiba como ajudar

ONGs se mobilizam para ajudar cerca de 1.700 pessoas atingidas pela chuva, cujo prejuízo estimado é de R$ 5 milhões

  • Raquel Derevecki
Material de construção é o principal pedido da Defesa Civil para os moradores de Itaperuçu. | Lineu Filho/Tribuna do Paraná
Material de construção é o principal pedido da Defesa Civil para os moradores de Itaperuçu. Lineu Filho/Tribuna do Paraná
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O município de Itaperuçu, na região metropolitana de Curitiba, vai decretar situação de emergência na manhã desta terça-feira (4). A cidade foi atingida por um tornado com ventos de 120 km/h na última sexta-feira (30) e estudava decretar estado de calamidade pública. No entanto, laudos técnicos dos imóveis destruídos mostraram que os danos podem ser superados com recursos do município e solidariedade, sem necessidade de transferir a responsabilidade à esfera estadual ou federal – o que ocorre ao se decretar estado de calamidade pública.

De acordo com o secretário de governo da prefeitura, Carlos Scheffel, o prejuízo deixado pelo desastre supera R$ 5 milhões, valor alto para o município. “Itaperuçu é pequena e economicamente fraca. Portanto, se for decretado estado de emergência, contaremos com a solidariedade do estado, de outros municípios e de particulares. Considerando a extensão dos prejuízos, não conseguiremos ajudar todos que precisam sem essas parcerias”, afirmou.

- Leia também - Tempestade que atingiu Itaperuçu na verdade foi um tornado

De acordo com a Defesa Civil, ao menos 1.694 pessoas foram atingidas, das quais, 34 ficaram desalojadas e nove, desabrigadas. Além disso, 414 imóveis foram danificados e pelo menos 10, destruídos. Dois adolescentes - um de 14 anos e outro de 16 - morreram ao serem atingidos pela queda de um muro durante o temporal.

Para atender todas as vítimas do desastre, a prefeitura firmou parcerias com organizações não-governamentais (ONGs) e grupos voluntários que se disponibilizaram a arrecadar doações. “Logo após o evento, já conseguimos alojar as pessoas desabrigadas, dar alimento e agasalhos”, informou Scheffel.

- SOLIDARIEDADE - Saiba como fazer doações às vítimas da chuva em Itaperuçu

Agora, a necessidade é de materiais de limpeza e higiene, utensílios para a casa, móveis e, principalmente, materiais de construção. “Queremos fazer um plano para reconstruir essas residências, então reuniremos todos os recursos que conseguirmos para isso”, diz o secretário.

Estragos da chuva em Itaperuçu

A prefeitura também quer reabrir o hospital da cidade e efetuar os reparos necessários em duas escolas atingidas pelo temporal. “Essas escolas já voltaram a funcionar de maneira improvisada nesta terça com alunos utilizando as salas que não foram afetadas pela chuva. Já o hospital deve voltar a atender a população até o próximo fim de semana”, adiantou o secretário.

Doações em Curitiba

Na capital paranaense, as doações podem ser entregues ao Programa Voluntariado Paranaense (Provopar). O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 18h. “Começamos a receber doações na segunda-feira e já temos um caminhão repleto de colchões e outros produtos para enviar à cidade”, relatou a gerente social da instituição, Silvana Maia.

A sede da Provopar fica na Rua Hermes Fontes, 315, no bairro Batel, e o barracão da entidade está localizado próximo ao Shopping Palladium na Rua Sergipe, 1712, Vila Guaíra.

Quem preferir fazer doação em dinheiro também pode, pois uma conta foi aberta na Caixa Econômica Federal nesta terça-feira. “A Associação de Proteção À Maternidade e à Infância (APMI) da cidade será responsável por essa conta e todos os recursos recebidos serão destinados à reconstrução das casas atingidas”, afirma Scheffel. Os depósitos podem ser feitos a partir de quarta-feira (5) com os seguintes dados: Agência 1398, Operação 013, Conta 10991-6 - CNPJ 72.106.289/0001-39.

Atendimento em Itaperuçu

Doações também podem ser entregues no pátio da prefeitura de Itaperuçu ou no Salão paroquial da igreja católica da cidade, na Avenida Crispim Furquim de Siqueira, 1284. “As vítimas também podem se dirigir ao centro de assistência criado na igreja para efetuar seu cadastro e receber café da manhã, almoço, janta e outros auxílios na unidade mais próxima de sua residência”, finalizou o secretário.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE