Um dia após Curitiba voltar para a bandeira amarela, com flexibilização de medidas restritivas, a prefeitura começou a treinar a Guarda Municipal (GM) para aplicar multas previstas na lei municipal 15.799/2021, sancionada no começo e que define punições a quem descumpre medidas sanitárias de prevenção da Covid-19. Com o reforço de 120 guardas circulando pela cidade com blocos de multa para casos flagrantes, o prefeito Rafael Greca (DEM) promete endurecer a punição a quem não segue regras como o uso de máscara e, principalmente, participação em aglomerações.

No caso de festas clandestinas, antes da nova lei apenas o dono do imóvel e o organizador do evento estavam suscetíveis a multas. Agora, qualquer pessoa que esteja em uma festa clandestina pode ser multada no valor que vai de R$ 150 a R$ 500. Já para os estabelecimentos e organizadores de eventos, a multa pode chegar a R$ 150 mil. No dia 10 de janeiro, o dono de uma chácara no bairro Augusta e o organizador de uma festa com 400 pessoas foram multados cada um em R$ 50 mil.

“Quando faltam os neurônios e o pudor com a saúde coletiva, que arda o bolso, essa ‘parte do corpo’ que faz pensar os que não pensam por si próprios. Fizemos muitas ações educativas. Só ainda não multamos as pessoas individualmente porque a Guarda Municipal ainda não estava treinada para isso. Mas agora a Guarda está sendo treinada para fazer isso”, enfatizou o prefeito em entrevista à Gazeta do Povo na manhã de quinta-feira (28).

Greca criticou o aumento das aglomerações no fim do ano passado. Segundo o prefeito, as pessoas de classes sociais mais altas é que vem participando de festas clandestinas. “A gente sempre espera que em uma cidade inteligente esse tipo de aglomeração não se repita mais, porque as pessoas que vão às festas são até de uma elite econômica. E a ignorância das elites é imperdoável”, disse Greca. “A ignorância dos vulneráveis ainda é desculpável pela falta de igualdade, de oportunidade que o nosso país possui. Então, que as elites sejam penalizadas com multa pela sua ousadia de tentar disseminar o vírus”, completou o prefeito.

Na bandeira amarela desde quarta-feira (27), está permitida nem Curitiba a abertura aos domingos do comércio de rua, restaurantes e shoppings. Cinemas e teatros voltam a ser liberados, mas com metade de capacidade do público. Já bares e casas noturnas seguem proibidos de abrir.

O treinamento da Guarda Municipal está sendo feito por fiscais da Secretaria Municipal de Urbanismo. “Com mais servidores capacitados, temos mais condições de fiscalizar. É primordial que a Guarda Municipal atue na questão da lei com aplicação de multas”, comentou no site da prefeitura a diretora de Fiscalização do Urbanismo, Jussara Policeno de Oliveira Carvalho.

https://multimidia.gazetadopovo.com.br/painel/infocoder/preview/?id=5125
33 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]