i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Combustíveis

Apesar da safra, álcool sobe R$ 0,20 em Curitiba

Preços sobem acima do previsto e produtores de álcool negam responsabilidade

  • PorMariana Londres - Gazeta do Povo
  • 25/07/2006 21:08

O álcool combustível está mais caro nas bombas dos postos de Curitiba desde o começo da semana. O aumento chegou a R$ 0,20 por litro. Apesar de esperada, a alta no preço do combustível superou a última previsão feita pelo Sindicombustíveis, sindicato que representa os postos no estado, de que o litro do álcool aumentaria R$ 0,10 em média ao consumidor.

"A previsão da semana passada foi feita com base em um relatório (da Esalq/USP) que registrava aumento de 5% no preço do álcool nas usinas. Em seguida recebemos um segundo relatório de aumento de mais 6,5%, totalizando 11%. Agora essa diferença foi repassada ao consumidor pelos postos", diz o presidente do Sindicombustíveis Roberto Fregonese.

Há uma semana, o preço do litro do álcool em Curitiba variava de R$ 1,42 a R$ 1,49. Durante a terça-feira, conforme levantamento da reportagem da Gazeta do Povo em 20 postos da capital, o preço do litro do álcool variava entre R$ 1,41 e R$ 1,69, com preço médio de R$ 1,64.

A alta nos preços em plena safra do álcool não era esperada pelos consumidores e provocou uma corrida ao posto do Hipermercado Extra, na Avenida Presidente Kennedy, na capital paranaense. O posto é conhecido pelos consumidores por manter preços baixos. A fila dobrava a esquina na tarde de ontem. O preço do litro do álcool no posto do Extra era R$ 1,41. A diferença é de R$ 10 para quem vai encher um tanque de 45 litros.

Modesto

Ao contrário do que previa o Sindicombustíveis, o aumento no preço da gasolina, que tem 20% de álcool na composição, foi modesto nos postos da capital paranaense. Há uma semana, o preço do litro da gasolina variava entre R$ 2,39 e R$ 2,59. Os preços nos postos pesquisados pela Gazeta do Povo no dia de ontem variavam de R$ 2,42 a R$ 2,59.

As usinas de açúcar e álcool do Paraná negam que tenha havido aumento do preço do álcool em 11%, conforme afirmam os postos. "O preço do álcool passou de R$ 0,89 a R$ 0,91 nas últimas semanas, conforme levantamento da Universidade Federal do Paraná, aumento de apenas 2 centavos, ou 2%", diz o superintendente da Associação de Produtores de Álcool e Açúcar do Estado do Paraná (Alcopar). Adriano da Silva Dias. Para a Alcopar, a alta é resultado da lei do mercado. "O preço do álcool no mercado internacional, de cerca de R$ 1,10 o litro e a demanda interna pelo combustível, pelo aumento do número de carros flex, pressionam os preços para cima e neutralizam o efeito da safra", explica.

Segundo o Sindicombustíveis, desde a semana passada, as distribuidoras compram álcool a R$ 1,08 nas usinas. Com os impostos, o preço passa para R$ 1,46. Os postos, portanto, segundo o Sindicombustíveis, pagam entre R$1,46 e R$ 1,53 das distribuidoras.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.