Passageiro pedindo um Uber. | Uber/Divulgação
Passageiro pedindo um Uber.| Foto: Uber/Divulgação

A Uber mantém um sistema de notas/estrelas para passageiros e motoristas que usam a plataforma. Há tempos a empresa exige boa pontuação dos motoristas sob o risco de, não a alcançando ou permanecendo com a nota baixa, ser suspenso ou banido. Agora, a Uber estenderá essa punição aos passageiros.

A suspensão ou banimento de passageiros mal avaliados começará a ser testada na Austrália e na Nova Zelândia a partir de 19 de setembro, informou a Uber em nota. Segundo a empresa, “é um passo vital para manter uma experiência agradável para passageiros e motoristas parceiros no aplicativo e fomentar um ambiente de respeito mútuo”. Antes da suspensão, os passageiros receberão notificações da Uber sobre sua situação a fim de tentar melhorá-la.

Em entrevista à rede de TV Channel 7, Susan Anderson, gerente geral da Uber para os dois países da Oceania, disse que, em geral, os australianos e neozelandeses são “extremamente amigáveis” e que a nota média eles é de 4,5 estrelas. Ela deu a entender que passageiros com notas inferiores a 4 correm o risco de serem suspensos da plataforma — incluindo o UberEATS, serviço de delivery de restaurantes. A Uber não informa, oficialmente, qual seria a “nota de corte” dos passageiros. 

LEIA TAMBÉM:Latam anuncia o fim da parceria com Multiplus

O código de conduta da comunidade da Uber para a Austrália foi atualizado para incluir os passageiros no tópico que trata das punições em decorrência da má avaliação por estrelas. A versão brasileira do documento prevê situações que podem levar um passageiro a perder acesso à conta, como danificar bens do motorista ou o uso de linguagem ou gestos inapropriados, mas não prevê a nota como fator para suspensão ou banimento. A previsão para banimento por nota baixa aparece apenas no tópico referente a motoristas.

Sistema de notas da Uber

Passageiros e motoristas são avaliados mutuamente após cada corrida feita na plataforma da Uber. A pontuação varia de 1 a 5 estrelas e é a média das últimas 500 corridas (ou do total para quem não atingiu esse número) que é considerado na composição da nota. Segundo a Uber, esse corte “dá a oportunidade de [o passageiro/motorista] melhorar com o tempo”.

Para o passageiro ver a sua nota, basta abrir o aplicativo e tocar no menu de hambúrguer, no canto superior esquerdo. A nota aparece abaixo do nome. Motoristas conseguem consultar sua nota no app específico.

LEIA TAMBÉM:Rappi, “delivery de tudo”, recebe aporte milionário e vira novo unicórnio da América Latina

Em uma publicação em seu blog oficial na Austrália, a Uber listou três ações recomendadas pelos seus motoristas parceiros mais bem avaliados de como passageiros podem elevar suas notas na plataforma:

• Respeite a lei: motoristas se sentem desconfortáveis quando são requisitados a ignorar as leis de trânsito, como limites de velocidade e colocação do cinto de segurança.

• Seja cortês: motoristas parceiros gostam quando são os passageiros têm uma atitude respeitosa em relação a eles e o carro.

• Mantenha a limpeza: durante as corridas, a maioria dos motoristas parceiros não gosta do consumo de comidas com aroma forte e bebidas que mancham. Evite-as.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]