i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estados Unidos

Professora na Filadélfia ensina “comunismo negro” a alunos de 10 anos

No fim da educação básica, apenas 13% dos alunos dessa escola saem alfabetizados

  • PorChristopher F. Rufo
  • City Journal
  • 23/02/2021 17:07
Depois das aulas sobre comunismo e racismo, alunos desfilaram com cartazes em que estava escrito “Liberdade a Angela [Davis]” (“Free Angela”), “Cadeia a Trump” (“Jail Trump”). A imagem acima foi incluída em uma denúncia feita contra a escola.
Depois das aulas sobre comunismo e racismo, alunos desfilaram com cartazes em que estava escrito “Liberdade a Angela [Davis]” (“Free Angela”), “Cadeia a Trump” (“Jail Trump”). A imagem acima foi incluída em uma denúncia feita contra a escola.| Foto: Reprodução

Uma professora de uma escola da Filadélfia forçou alunos do quinto ano do ensino fundamental a celebrar o “comunismo negro” e simular um comício do movimento Black Power em homenagem à política radical Angela Davis, ex-integrante do grupo violento Panteras Negras.

De acordo com as denúncias documentadas e uma fonte da instituição, uma professora da Escola William D. Kelley, no centro da cidade, incluiu no currículo de ciências sociais uma celebração a Davis, elogiando a “comunista negra” por sua luta contra “a injustiça e a desigualdade”. Como parte da aula, a professora pediu aos alunos que “descrevessem o início da vida de Davis”, refletissem sobre sua visão de mudança social e “definissem um comunista" – presumivelmente em termos favoráveis.

Na conclusão da atividade, a professora conduziu os alunos de dez e onze anos para o auditório da escola para “simular” um comício do Black Power para “libertar Angela Davis” da prisão, onde ela havia estado detida enquanto aguardava o julgamento sob a acusação de conspiração, sequestro e assassinato (fato de 1970). Os alunos marcharam no palco, segurando cartazes que diziam “Black Power” (“Poder Negro”), “Jail Trump” (“Cadeia a Trump”), "Free Angela" (“Liberdade a Angela”) e “Black Power Matters” (“Poder Negro Importa”). Eles cantaram músicas sobre a África e o poder de seus ancestrais e, por fim, gritaram “Liberdade para Angela”, na frente do palco.

A Escola William D. Kelley é uma das mais problemáticas da região. A população estudantil da escola é 94% negra e 100% “economicamente desfavorecida”. Academicamente, é uma das escolas de pior desempenho da Pensilvânia. No sexto ano, apenas 3% dos alunos são proficientes em matemática e 9% são proficientes em leitura. No fim da educação básica, apenas 13% dos alunos de Kelley terão alcançado a alfabetização básica.

Apesar desse péssimo desempenho acadêmico, professores e administradores da William Kelley abandonaram gradualmente a pedagogia tradicional em favor do radicalismo político. Mesmo as mais recentes obras de arte públicas da escola ilustram essa politização. Os administradores encomendaram recentemente um mural de Davis e Huey P. Newton, que representam os movimentos revolucionários comunistas e dos Panteras Negras dos anos 1960; figuras julgadas por vários crimes, incluindo o assassinato de um policial.

Infelizmente, os programas da William Kelley não são uma aberração. Nos últimos anos, todo o sistema de escolas públicas da Filadélfia adotou a filosofia do “antirracismo”. No verão passado, o superintendente divulgou uma “Declaração Antirracismo” prometendo “destruir sistemas de desigualdade racial” e divulgou um memorando recomendando programas de treinamento racialmente segregados para educadores brancos e negros. O sindicato dos professores locais produziu um vídeo denunciando os Estados Unidos como uma “colônia de colonos construída sobre a supremacia branca e o capitalismo” que criou um “sistema que eleva os brancos sobre todos os outros”. A solução, segundo o sindicato, é derrubar a “estrutura racista do capitalismo”, fornecer “reparações para os negros e indígenas” e “desenraizar a supremacia branca e plantar as sementes para um novo mundo”.

Em termos práticos, não está claro como esses programas “antirracistas” se traduzirão em resultados acadêmicos. A lacuna entre a retórica e a realidade em escolas como William Kelley está quase além da compreensão: a grande maioria das crianças de dez e onze anos que marcham pela utopia do “comunismo negro” mal sabe ler e escrever. Em vez de aceitar o fracasso pedagógico das escolas públicas da Filadélfia, no entanto, os educadores mudaram a culpa para o “racismo sistêmico” e as promessas de “revolução”.

O fato de alunos de escolas, como a William Kelley, saírem da educação básica desprovidos de alfabetização básica é uma tragédia para eles e uma vergonha para os professores e adultos que prometem “plantar as sementes para um novo mundo”. Eles condenaram seus alunos a se juntarem às fileiras de mais da metade de todos os adultos da Filadélfia que são “analfabetos funcionais”.

Um professor da William Kelley, que pediu anonimato por medo de represálias, expressou profundo pessimismo sobre o futuro da educação pública:

“Eu percebi que nenhuma política prejudica mais os afro-americanos do que o sistema escolar público e o sindicato dos professores”.

O professor está certo. Em termos absolutos, os números são desmoralizantes. O Distrito Escolar da Filadélfia tem 18.000 funcionários e um orçamento anual de US$ 3,4 bilhões – e falha, ano após ano, em ensinar o básico de “leitura, escrita e aritmética”. Acontece que a educação é difícil; a fantasia política é uma diversão útil.

* Christopher F. Rufo é editor colaborador do City Journal e diretor do Discovery Institute’s Center on Wealth & Poverty.

© 2021 City Journal. Publicado com permissão. Original em inglês.

14 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 14 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • O

    OBSERVADOR ATENTO

    ± 13 horas

    Os EUA está sendo IMPLODIDO SOCIALMENTE. As minorias criaram as retóricas faz tempo, agora estão levando a cabo essas "realidades" tomando forma e corpo, nas ruas, centros acadêmicos, escolas e locais públicos. É fato, tem alguém muito interessado nisso tudo, As BiG Tech? PCC? Realmente ainda não sei, o que está evidenciado é que infelizmente está dando certo. Dividir para conquistar, essa primeira etapa já foi. Agora quem tem a palavra ganha. As palavras estão sendo cerceadas, e para quem ainda tem a locução à usa em favor destas "minoria". Eu não consigo enxergar solução fácil. Dias sombrios e difíceis virão.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • Z

      Zzz

      ± 9 horas

      Concordo, os EUA estão implodindo. É uma pena mas é a realidade.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

  • O

    OBSERVADOR ATENTO

    ± 13 horas

    Esse comentário foi removido pelo usuário

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • G

      Giba12

      ± 20 horas

      Devia se chamar "Chupinismo Negro". Vão ser uma legião de papagaios de pirata, repetindo o mesmo refrão pela vida toda, me dá , me dá, me dá.....

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • F

        Fernando Cavalcante

        24/02/2021 12:57:41

        Aqui este tipo de atitude deve ser cortado pela raiz com demissão sumária. Se precisa de uma lei para isso, vamos aprovar uma.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • F

          fernanda ribeiro

          24/02/2021 0:58:07

          Esse comunismo negro está mais para supremacismo negro. Na Revolução dos Bichos de Orwell, negros são os porcos. "Todos os humanos são iguais, mas uns são mais que outros". "Só existe uma raça, a humana, mas merecemos cotas e preferências de raça".

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • J

            José Flavio

            24/02/2021 0:47:50

            O que acontece nessa escola é o que tem acontecido nas universidades brasileiras após mais de 1 década de cotas raciais para negros. Alunos que não sabem ler, mas sabem integrar coletivos e fazer ativismo identitário lá e na internet. Uma legião de profissionais incompetentes, mas politizados. Saem da graduação e há mais cotas de raça na pós-graduação e nos concursos públicos. Assim é mole. Vida de cotista eterno.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            1 Respostas
            • F

              fernanda ribeiro

              24/02/2021 0:50:26

              Coerentemente, Antônio Risério designa esee coletivos de milícias identitárias.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

          • W

            wilmar scoz

            24/02/2021 0:28:59

            Por isso é que não vão para frente. Ocupam seu tempo em invejar e odiar os outros; em arranjar desculpas para seu fracasso histórico. Querem as coisa na marra e não por competência e justiça. Esses são racistas. Odeiam os brancos.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • M

              Marcos Rodrigues

              24/02/2021 0:28:04

              Se eles deixam isso acontecer, estão reclamando do que também?

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • C

                Carlos Eduardo

                23/02/2021 23:52:55

                Os caras destruíram os EUA. A nação de puritanos virou essa desgraceira...

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • P

                  Paulo César de Castro Silveira

                  23/02/2021 22:05:50

                  ser comunista e ser anti-branco é a mesma coisa.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • G

                    Gilberto Nascimento

                    23/02/2021 22:02:55

                    A Lumena deles.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • C

                      Celso Arruda Salomé

                      23/02/2021 21:37:13

                      Ela aprendeu com o PSOL. KKK nela.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      Fim dos comentários.