Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A prova deste ano apresentou uma variedade grande de tipologias textuais, o que possibilitou uma rica abordagem dos aspectos da Língua Portuguesa. "Tivemos charge, entrevista, textos argumentativos e jornalísticos. São textos que estão dentro do padrão do estudante que está acostumado à leitura", afirma.Para o professor de Língua Portuguesa do curso Dom Bosco Ênio José Ditterich o que ocorre com o vestibular da federal é a tentativa de mudar a cobrança de conceitos gramaticais, o que algumas vezes acontece de maneira um pouco obscura, dificultando a interpretação do aluno.

Confira o gabarito provisório da primeira fase.

"É o caso da questão 11 [segundo o gabarito fornecido à Gazeta do Povo] em que a cobrança de coesão e coerência gerou algumas dúvidas mesmo entre os professores. Eu desafiaria o elaborador da questão a respondê-la sem conhecer o texto original", afirma. Ainda segundo o professor Ênio, o mesmo acontece na questão 12, em que o emprego do verbo dissuadir pode confundir muito alunos. "Mas talvez este seja mesmo o intuito de trazer uma questão capciosa", explica.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]