Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Criticada por diversos jogadores que vão disputar a Copa do Mundo, a Jabulani ganhou mais um "inimigo". Desta vez o goleiro da Nigéria, Vincent Enyeama, engrossou o coro contra a bola que será usada no Mundial da África do Sul. Para o jogador do Hapoel Tel Aviv, de Israel, a "redonda" vai complicar e muito a vida dos goleiros:

"Quando falei sobre isso na Copa Africana de Nações, disseram que eu estava inventando desculpas. Agora, outros goleiros se juntaram a mim e isso se tornou uma questão, mas já é tarde para se fazer algo. A única coisa é que alguns de nós serão "desgraçados" pela bola na Copa", afirmou Enyeama.

O goleiro falou ainda sobre a dificuldade que teve durante a partida realizada no último domingo contra a Coreia do Norte. O nigeriano comentou um chute a gol em que a bola tomou outra direção, complicando a defesa: "A bola veio e achei que eu a pegaria, mas ela se mexeu no último instante. Tive sorte de tocar nela, mas ainda acertou o travessão. Tenho certeza de que um anjo me protegeu, do contrário, teria levado o gol", disse.

Criticada pelos goleiros Julio Cesar (Brasil) e Hugo Lloris (França), a Jabulani é uma das maiores polêmicas da Copa da África do Sul. Na opinião de alguns jogadores, por ser muito leve, a bola tende a mudar de direção depois de chutada.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]