Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Professores e funcionários das redes estadual e municipal do Rio, em greve desde 12 de maio, fizeram um protesto na tarde desta segunda-feira em frente ao Centro Aberto de Mídia, espaço situado no Forte de Copacabana, na zona sul da capital fluminense, destinado aos profissionais de imprensa que vão cobrir a Copa do Mundo.

O Centro foi inaugurado às 15 horas com a presença dos ministros do Esporte, Aldo Rebelo, e da Cultura, Marta Suplicy, do ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Thomas Traumann, e de outras autoridades dos governos federal, estadual e municipal.

Antes do evento, por volta das 14h30, apenas um grupo de seis funcionários do Ministério da Cultura protestavam na frente do Centro. Durante a inauguração, porém, os profissionais da educação chegaram e o grupo de manifestantes cresceu. Quando os ministros saíam do evento, alguns educadores conseguiram se aproximar dos veículos onde eles estavam para colar adesivos em favor da greve. Cerca de 50 PMs acompanham o protesto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]