Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Lateral Chiquinho afirma que respeita a decisão de Ricardinho quando opta por mudar o time do Paraná | André Rodrigues / Gazeta do Povo
Lateral Chiquinho afirma que respeita a decisão de Ricardinho quando opta por mudar o time do Paraná| Foto: André Rodrigues / Gazeta do Povo

A segunda passagem de Ricardinho no comando do Paraná vem sendo marcada pela constante mudança no time. Desde que foi apresentado, o treinador já utilizou na Série B do Brasileiro o equivalente a mais de dois times inteiros: 29 jogadores.

O lateral-direito Chiquinho reconhece que o treinador busca melhorar a equipe com as alterações. Mas admite que as constantes mudanças atrapalham no que diz respeito ao entrosamento na equipe.

"É difícil falar [das mudanças] porque isso compete ao treinador decidir. Ele faz as mudanças que acha melhor. Mas para nós jogadores é complicado porque traz um pouco de dificuldade no entrosamento", afirmou Chiquinho em entrevista à Rádio Transamérica, na manhã desta terça-feira (28).

Quando foi sacado do time, afirma Chiquinho, não houve conversa com Ricardinho sobre o por que perdeu o lugar no time. "Não teve conversa e eu também não fui questionar o Ricardinho, porque não cabe a mim. Foi opção dele e eu continuei trabalhando e voltei a ser titular", afirma.

O lateral lembra que sob o comando de Claudinei Oliveira, que se transferiu para o Atlético, o Tricolor tinha menos alterações na escalação. Entretanto, lembra Chiquinho, Claudinei teve a parada da Copa para ajustar o time, o que não acontece com Ricardinho.

"O Ricardinho está procurando o melhor, mas está tendo de fazer isso com jogo em cima de jogo", compara.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]