Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Ney Franco está otimista que o Couto, a torcida e o bom retrospecto levarão o Coxa à vitória | Rodolfo Bührer / Agência Gazeta do Povo
Ney Franco está otimista que o Couto, a torcida e o bom retrospecto levarão o Coxa à vitória| Foto: Rodolfo Bührer / Agência Gazeta do Povo

Um aproveitamento de 61% dentro dos seus domínios e boas vitórias sobre os principais times do Brasileirão – incluindo Flamengo, Internacional, Palmeiras e São Paulo, hoje no G-4 – são os trunfos do Coritiba no seu caminho para escapar do rebaixamento. O técnico Ney Franco falou nesta terça-feira, após o treinamento do time no CT da Graciosa, e espera que estes dois elementos, associados ao tradicional apoio maciço da torcida coxa-branca, sejam suficientes para vencer o Fluminense neste domingo, às 17h.

"O papel pode ser determinante, mas no campo que resolve são os jogadores. Jogando em casa, com a nossa torcida empurrando, a torcida passa uma energia para os atletas, isso faz com que eles joguem o tempo todo concentrados. Acho legal essa mobilização, teremos um ambiente favorável para fazer um grande jogo com o Fluminense e confirmar a nossa permanência na Série A", disse Ney Franco, já sabendo da notícia de que quase 30 mil dos 34 mil ingressos foram vendidos nesta terça.

Fora de campo, o técnico do Verdão esboçou "esquecer" o jogo entre Botafogo e Palmeiras, que acontece no mesmo horário no Rio de Janeiro e que interessa a coxas e tricolores em Curitiba. Ney Franco garante que os atletas não serão informados sobre o resultado para que a vitória seja construída com muita determinação. "Não passarei nenhuma informação, temos que nos focar no nosso jogo. Só dependemos da gente". Entretanto, se a vitória não estiver garantida na reta final de partida, o comandante adianta a possibilidade de passar "alguma coisa" para os jogadores.

"Se estivermos no final do jogo, faltando cinco, 10 minutos, e eu como treinador sabendo do resultado do Botafogo, passarei alguma informação aos atletas, desde que isso nos seja favorável. O jogo de lá pode dar vitória ao Botafogo ou ao Palmeiras, então temos que primeiramente nos preocupar com o nosso confronto", declarou. A forma de jogar no Alto da Glória será ofensiva, pelas palavras de Ney Franco.

"Nesse Brasileiro ficamos marcados, pelo menos no período que aqui estou trabalhando, pela nossa boa participação em jogos dentro de casa. A nossa própria recuperação na tabela foi em virtude dos jogos em casa, diante da nossa torcida, enfrentando grandes equipes e vencendo os jogos. Não vejo motivo para mudar isso agora, a nossa estratégia será a mesma dos outros confrontos no Couto Pereira. Vamos a campo pela vitória", completou o treinador.

Em relação à formação coxa-branca, Ney Franco evitou adiantar quem vai atuar. O zagueiro Jéci está em tratamento intensivo e só será utilizado se participar do treinamento tático de sexta-feira, o mais importante da semana. O mesmo vale para o lateral-direito Ângelo, que não trabalhou com bola nesta terça para seguir aprimorando a parte física na academia. "Esperamos a liberação de todos, até porque é um jogo importantíssimo. É momento de sacrifício, porém não podemos correr risco de mandar a campo que não esteja bem", finalizou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]