Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A presidente Dilma Rousseff confirmou nesta terça-feira (17), em entrevista a rádios gaúchas, que se pronunciará ao longo do dia sobre sua visita de Estado a Washington, prevista para outubro. Ontem à noite, ela se reuniu com o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado, para discutir o retorno dado pelo governo norte-americano aos questionamentos do Brasil sobre as denúncias de espionagem.

Durante o encontro, Dilma recebeu telefonema do presidente norte-americano, Barack Obama, com quem conversou por cerca de 20 minutos. "Quanto à minha conversa com o presidente Obama é fato, ela ocorreu ontem à noite e eu darei, ao longo do dia, uma entrevista sobre como iremos encaminhar essa questão da viagem aos Estados Unidos", respondeu às rádios.

A presidente passou a cogitar o cancelamento da visita de Estado ao país, após denúncias de que os Estados Unidos espionaram dados de brasileiros, inclusive dela, além de empresas estratégicas como a Petrobras.

Para uma decisão sobre a visita de Estado, Dilma aguardava o relato de Figueiredo, que esteve em Washington na semana passada para tratar do assunto com a conselheira de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Susan Rice. Há 11 dias, durante a Cúpula do G20, na Rússia, o presidente Barack Obama se comprometeu com a presidente a responder aos questionamentos do governo brasileiro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]