Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O podcast de hoje fala sobre as pressões inflacionárias que não param e devem levar o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) a aumentar a taxa básica de juro em um ponto percentual, atingindo 12,75% ao ano. O aumento da taxa Selic é o principal instrumento do BC para enfrentar a inflação. O mesmo movimento deve ocorrer também nos Estados Unidos, motivado pela inflação crescente. O equivalente americano do Copom deve elevar o juro básico em 0,5 ponto percentual, para 0,75%. A expectativa é de que o aperto monetário nos Estados Unidos seja reforçado com mais medidas. A inflação anual é a maior em 40 anos.

E ainda:
O partido Solidariedade oficializou o apoio à pré-chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSB) na disputa presidencial. Liderado pelo deputado federal Paulinho da Força (SP), a sigla se soma à pré-candidatura com o objetivo de aproximar o líder petista de partidos e lideranças de centro. O deputado afirmou no evento que a candidatura de Lula é uma aliança do Brasil contra Bolsonaro. De acordo com Paulinho da Força, a campanha de Lula precisa deixar as polêmicas de lado e focar em ganhar as eleições. Ele disse ainda que a disputa está apenas começando.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a Polícia Federal apresente em 15 dias um novo relatório sobre o inquérito aberto contra o presidente Jair Bolsonaro por vazamento de dados sigilosos em uma investigação sobre um ataque hacker contra o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2018. Moraes quer uma análise sobre dados obtidos durante a quebra de sigilo telemático, que captou informações de celulares e computadores. Em janeiro um relatório da delegada responsável pelo inquérito concluiu que Bolsonaro cometeu crime ao divulgar documentos sobre a investigação do ataque ao TSE, mas não indiciou o presidente em razão do foro privilegiado.

Rascunho indica que Suprema Corte dos EUA pode derrubar decisão de 1973 sobre aborto. Um documento obtido por um site norte–americano mostra a prévia de uma decisão majoritária do tribunal em que se ponderou que o caso Roe vs. Wade, que autorizou o aborto no país em determinadas circunstâncias, é de 50 anos atrás e deve ser anulada. A atual discussão teve início em 2018 quando uma organização ajuizou uma ação para questionar uma lei do estado do Mississipi que proíbe aborto após 15 semanas de gravidez, exceto em situações para salvar a vida e preservar a saúde física da mãe ou de anormalidade fetal grave. Em resposta, o estado recorreu à Suprema Corte pedindo aos juízes que decidissem se todas as proibições de abortos de pré-viabilidade no país são inconstitucionais.

Saiba por que, na opinião do nosso colunista, Paulo Uebel, a reforma administrativa é de todos, por todos e para todos.

5 universidades do Paraná entre as melhores do mundo. O ranking que avalia a qualidade da educação, do corpo docente e da produção científica é feito por uma organização com sede nos Emirados Árabes. São classificadas duas mil instituições de ensino superior públicas e privadas do mundo todo. Entre as paranaenses, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) tem a melhor colocação. Em segundo lugar está a Universidade Estadual de Maringá (UEM), seguida da Estadual de Londrina (UEL), da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), e da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]