Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O padre em 2002, ano em que disputou as eleições para o governo do Paraná | Roberto Custódio/Jornal deLondrina
O padre em 2002, ano em que disputou as eleições para o governo do Paraná| Foto: Roberto Custódio/Jornal deLondrina

Morreu na madrugada deste domingo (17), aos 79 anos, o ex-secretário e ex-deputado federal Roque Zimmermann, conhecido como Padre Roque. Sofrendo de insuficiência pulmonar, ele estava internado no Hospital Santana Unimed, de Ponta Grossa, e será velado em sua residência. O sepultamento está marcado para a próxima segunda-feira (18), às 17h. Em nota, o Partido dos Trabalhadores (PT) afirma que Zimmermann passou por “um longo período de enfermidades”.

Nascido em Santo Cristo, no Rio Grande do Sul, Roque foi padre da Congregação Missionária Sagrada Família. Em 1987, filiou-se ao PT e, em 1992, tornou-se membro do diretório estadual do partido no Paraná. Dois anos depois, elegeu-se deputado federal, cargo que ocupou até 2002. Naquele ano, candidatou-se a governador do Paraná, obtendo o quarto lugar na disputa.

LEIA TAMBÉM: Eleição para a CCJ atesta declínio do poder de Nelson Justus na Assembleia

Após a derrota nas eleições, que foram vencidas por Roberto Requião (MDB), Padre Roque foi convidado para assumir a secretaria do Trabalho, Emprego e Promoção Social do Paraná. Ele permaneceu no cargo entre 2003 e 2006. Após a sua saída da pasta, surgiram denúncias de que salários de comissionados contratados pela secretaria eram destinados a caixa 2 eleitoral. Na época, ele negou as acusações, mas confirmou que havia uma “repartição” dos vencimentos dos funcionários – o que, segundo ele, seria uma forma de fazer “justiça social”.

Em 2007, ele se desfiliou do PT e, desde então, não concorreu mais a cargos políticos.

Repercussão

A morte do ex-deputado repercutiu nas redes sociais de políticos paranaenses. O ex-governador Roberto Requião comentou o falecimento no Twitter.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, também fez um post em memória do padre.

Professora Josete, vereadora em Curitiba pelo PT, lamentou o falecimento, também no Twitter.

LEIA MAIS: Ratinho nomeia filho de deputado para escritório em Brasília

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]