• 21/10/2020 10:10
Sabatina na CCJ

Kassio Nunes Marques e a licitação da lagosta: o que ele pensa

  • 21/10/2020 10:10
  • PorGazeta do Povo
    Kassio Nunes Marques e a licitação da lagosta: o que ele pensa
    O desembargador defendeu a liberação de lagostas para os ministros do STF| Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

    O desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) Kassio Nunes Marques, indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu a sua decisão que liberou a licitação das lagostas e vinhos ao Supremo, no ano passado. Ele disse que não entrou no mérito do processo licitatório, por se tratar de uma suspensão de liminar. Porém, o desembargador classificou como de “praxe” compras semelhantes.  “Ela foi inspirada em uma licitação do Ministério das Relações Exteriores”, disse o magistrado. “É facultada ao chefe de Poder do Supremo fazer essa contratação”, disse o desembargador. Além disso, Kassio Nunes Marques alegou que houve a divulgação errônea dos dados da licitação. “A compra não era para almoço dos ministros. Quando eles almoçam, eles (os ministros) têm que pagar”.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.