i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Investigação

Parlamentares bolsonaristas financiam atos antidemocráticos? Tudo sobre o inquérito no STF

  • PorGazeta do Povo
  • 17/06/2020 15:14
Deputados bolsonaristas (na foto com o presidente da República) são investigados pela PGR e STF sob acusação de incentivar e financiar manifestações de rua contra a democracia.
Deputados bolsonaristas (na foto com o presidente da República) são investigados pela PGR e STF sob acusação de incentivar e financiar manifestações de rua contra a democracia.| Foto: Marcos Corrêa/PR

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou a quebra do sigilo bancário de um senador e dez deputados bolsonaristas em decisão divulgada na terça-feira (16). O pedido partiu da Procuradoria-Geral da República (PGR). Os parlamentares fazem parte da base de apoio do presidente Jair Bolsonaro no Congresso.

Foi o mais recente capítulo no inquérito que apura os responsáveis por financiar e organizar aos antidemocráticos pelo país. De acordo com a PGR, uma linha de investigação apura se blogueiros e empresários agiram articuladamente com parlamentares para “financiar e promover atos que se enquadram em práticas tipificadas como crime pela Lei de Segurança Nacional”.

Recorde como o inquérito começou, quem é investigado e como ocorreu a deflagração da Operação Lume, diligência policial que cumpriu mandados de busca, apreensão e prisão nas últimas 48 horas.

Atos de rua pediram fechamento do Congresso e intervenção militar 

Tudo começou com um ato público realizado no dia 19 de abril, em frente ao Quartel General do Exército, em Brasília, em que manifestantes defenderam uma intervenção militar e o fechamento do Congresso Nacional e do STF. O presidente discursou no ato, que pregava contra a democracia, o que gerou repercussão negativa no meio político, entre ministros do próprio Supremo e de entidades de classe.

Em meio ao acirramento das relações entre o governo e o Supremo, manifestantes carregaram faixas com mensagens como "abaixo à ditadura do STF". Protestos semelhantes ocorreram em pelo menos outras cinco capitais e inspiraram outras manifestações no domingos seguintes.

Um dia depois do ato em Brasília, o procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitou a abertura de um inquérito no STF para apurar "fatos em tese delituosos envolvendo a organização de atos contra o regime da democracia participativa brasileira".

Ao acatar o pedido de Aras, o ministro Alexandre de Moraes alegou que era imprescindível a “verificação da existência de organizações e esquemas de financiamento de manifestações contra a democracia e a divulgação em massa de mensagens atentatórias ao regime republicano, bem como as suas formas de gerenciamento, liderança, organização e propagação que visam lesar ou expor a perigo de lesão os direitos fundamentais, a independência dos poderes instituídos e ao Estado Democrático de Direito, trazendo como consequência o nefasto manto do arbítrio e da ditadura”.

O inquérito tramita no Supremo devido ao possível envolvimento de parlamentares. O procurador-geral da República chegou a mencionar os nomes dos deputados federais Daniel Silveira (PSL-RJ) e Junio Amaral (PSL-MG) no pedido de investigação encaminhado à Corte. O presidente Jair Bolsonaro não é alvo do inquérito, pois não há indícios de participação dele na organização dos atos.

Operação Lume e quebra de sigilo bancário de bolsonaristas

Depois de dois meses de investigação, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, autorizou que a PGR e a Polícia Federal deflagrassem a Operação Lume, na terça-feira (21). Foram cumpridos 21 mandados de busca e apreensão em cinco estados e no Distrito federal: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão e Santa Catarina. Entre os investigados, um deputado, blogueiros e empresários bolsonaristas suspeitos de envolvimento na organização e financiamento dos atos antidemocráticos.

Foram alvos de busca e apreensão: Daniel Silveira, deputado federal (PSL-RJ); os blogueiros Allan dos Santos; Alberto Silva; Ravox Brasil e Fernando Lisboa. Também Luís Felipe Belmonte, advogado e segundo-vice-presidente do Aliança pelo Brasil; Sérgio Lima, marqueteiro do Aliança pelo Brasil; Otávio Fakhoury, empresário e dono do site Crítica Nacional; Camila Abdo, blogueira e ex-assessora parlamentar.

O ministro Alexandre de Moraes também determinou a quebra do sigilo bancário de onze parlamentares bolsonaristas. A medida foi tomada conjuntamente à deflagração da Operação Lume com a intenção de saber se os parlamentares estão financiando de alguma forma as manifestações antidemocráticas.

Os deputados federais do PSL, ex-partido do presidente, que tiveram a quebra do sigilo bancário autorizada são: Bia Kicis (DF), Carla Zambelli (SP), Cabo Junio Amaral (MG), Daniel Silveira, (RJ), Caroline de Toni (SC), Alessandra da Silva Ribeiro (MG), General Girão (RN), José Guilherme Negrão Peixoto (SP), Aline Sleutjes (PR) e Otoni de Paula (RJ), este último do PSC, além do senador Arolde de Oliveira, também do PSC fluminense.

Redes sociais terão que fornecer informações sobre páginas suspeitas

Também no âmbito da operação, Moraes determinou que Youtube, Instagram e Facebook forneçam relatórios sobre a remuneração de páginas que apoiam atos pelo fechamento da corte e do Congresso. Cerca de 20 páginas nas redes sociais são alvo do pedido, de acordo com o jornal O Globo.

A entrega de informações por parte dos sites pretende esclarecer se os mantenedores das páginas (sejam blogueiros ou militantes) são remunerados por meio de publicações antidemocráticas, o que agravaria eventual crime.

Prisão de ativista bolsonarista que ameaçou ministro do Supremo 

Um dia antes da investigação chegar aos parlamentares bolsonaristas, Sara Geromini, que adotou o nome de Sara Winter, ativista do movimento "300 do Brasil", foi presa em Brasília, pela Polícia Federal. Além dela, a PF cumpriu na segunda-feira (15) outros cinco mandados de prisão, todos contra integrantes do movimento.

De acordo com a PGR, há indícios de que o grupo "300 do Brasil" organiza e capta recursos financeiros para ações que se enquadram na Lei de Segurança Nacional. A Procuradoria indicou que o objetivo das prisões temporárias, válidas por cinco dias, é ouvir os investigados e reunir informações de como funciona o esquema criminoso.

Os militantes são investigados também pelo crime de associação criminosa, previsto no artigo 288 do Código Penal. Os pedidos de prisão foram feitos pelo vice-procurador-geral da República Humberto Jacques de Medeiros.

A autorização para as prisões foi dada pelo Supremo no âmbito do inquérito das manifestações antidemocráticas, mas parte das investigações ocorrem também em outro inquérito, o das fake news, cujo relator também é o ministro Alexandre de Moraes.

Sara Winter já havia sido alvo de operação da PF no inquérito das fake news, no fim de maio, quando teve celular e computador apreendidos pelos agentes, junto com outros alvos, como o blogueiro Allan dos Santos e o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, e o empresário Luciano Hang.

Na ocasião, a ativista bolsonarista chegou a ameaçar Alexandre de Moraes em vídeo nas redes sociais. Nesta quarta-feira (17), Sara foi denunciada criminalmente à Justiça pelo Ministério Público Federal pelos crimes de ameaça e injúria.

No último sábado (13), o grupo 300 do Brasil, e que tem Sara como um dos líderes, já havia sofrido um revés ao ter o seu acampamento na Esplanada dos Ministérios removido pela polícia do Distrito Federal.

Um dia depois, cerca de 20 membros do movimento simularam com fogos de artifício um ataque ao Supremo. Os fogos foram disparados na direção do edifício principal do STF, na Praça dos Três Poderes, enquanto os manifestantes xingavam ministros da Suprema Corte. O MPF determinou a abertura de inquérito policial para investigar se houve crime nessa "manifestação".

23 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 23 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • A

    A N O M

    ± 2 horas

    https://sites.google.com/site/papapaipiopadrepopeblasfemia/jesuitas---a-maldicao-do-mundo

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    A N O M

    ± 2 horas

    Meus amigos,vou direto ao ponto,antes de criticar estudem,sempre que existerem protestos sobre RACISMO,LGBT,MUDANÇAS CLIMÁTICAS entre outros fiquem sabendo que quem esta por tras de tudo isto são os JESUÍTAS de Roma,ocultos eles não aparecem.quem aparecem são seus vassalos que obedecem as suas ordens,estudem e vejam quem são os Jesuítas e vcs se surpreenderão amigos.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nilceia Maria Rozanski Burda

    ± 3 horas

    Duas coisas, ou melhor três. Até bem recente quando a Bandeira do Brasil foi queimada, prédios vandalizados, depredações generalizadas, essa mídia porca nunca utilizou a expressão "atos antidemocráticos". Agora, protestar, expressar opinião que são garantidas pela Constituição se transformaram em Atos Antidemocráticos. Jornalistas hipócritas, para dizer o mínimo. Sr. Rodrigo Maia, vários deputados sofreram a violência de terem seus sigilos quebrados. ONDE ESTÁ A IMUNIDADE PARLAMENTAR? Bundão, covarde! Sr. Davi Alcolumbre, o Senado é o único Poder que pode mostrar ao STF que SUPREMA é a Constituição. Covardemente o Sr. engaveta os pedidos de impeachment contra membros daquele tribunal.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Decio mango

    ± 4 horas

    Parlamentares PTistas financiaram terroristas com dinheiro roubado dos cofres publicos, atos de vandalismo como os que foram alvos aRosa Weber no julgamento de LUlla sequer foram investigados...soltaram toda a bandidada corruPTa e ladroes de casaca.. Dirceu e diversos parlamentares de esquerda falaram os diabos do STF...a ditadura comunista esfacelou-se no proprio crime e em seu vomito..nao deu em nada...amortadela acabou e o povo nao quer mais saber desses bandidos...agora tudo e antidemocratico...STFlixo picaretas fascistas e nazistas togados contra o povo brasileiro

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    João Batista

    ± 6 horas

    ...hoje vicê é quem manda Falou tá falado não tem discussão A minha gente hoje anda...cantaremos como Chico...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • D

      Decio mango

      ± 4 horas

      Chico e lixo..comunista de merd@

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    VICTOR HUGO RAMAO FERNANDES

    ± 14 horas

    Ainda bem que neste governo as acusações são sobre feiquinius... Em outros, houve desvio de BILHÕES de reais...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Taiguara

    ± 14 horas

    Por quê não investigam também os milhares de atos, manifestações e discursos antidemocráticos vindos da esquerda? Por quê deputados petistas falarem em fechar o STF é liberdade de expressão? Por quê manifestantes pró-ditadura do proletariado é imune? O QUE ESTÁ ACONTECENDO ESTÁ EXPLÍCITO: O OBJETIVO É CRIMINALIZAR O CONSERVADORISMO! E este jornal, como representante do conservadorismo, está deixando a desejar nessa guerra cultural.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alex Juliano

    ± 15 horas

    A incrível história do Tribunal que destrói a democracia para defender a democracia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RoCS

    ± 15 horas

    Atos antidemocráticos são os CUS dos ministros... Que ***** de atos são esses? Protestar com liberdade de expressão é legítimo e o STF não vai calar o Povo Brasileiro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 17 horas

    https://www.oantagonista.com/brasil/tcu-quer-saber-quantos-militares-estao-no-governo-bolsonaro/?desk

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • R

      RoCS

      ± 15 horas

      E daí? grande ***** isso... ah, me esqueci... é segredo de Estado...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Freitas

    ± 17 horas

    Até o PGR concordou. Portanto, "game over". Liberdade de expressão, mas com responsabilidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • R

      RoCS

      ± 15 horas

      Por exemplo, liberdade de expressão é eu dizer que o ADÉLIO DE FREITAS é um débil mental, frustrado. por causa de o Bolsonaro ter sido eleito. Posso dizer que ele rasgue o 'forevis' se quiser, mas vai ter que aguentar o Bolsonaro, com ou sem FFAA até, pelo menos, 2022.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    VIVIANE MAC

    ± 17 horas

    Nunca ninguém investigou de onde vinha o dinheiro da mortadela, das carreatas pagas, de quem financiava os blackblocs, dá vergonha alheia para quem ainda acha essa situação normal, que acha que esse assunto realmente se trata sobre fakenews, que se trata sobre democracia, vivemos a total inversão de valores....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Freitas

      ± 17 horas

      O Procurador Geral da República é a pessoa apta para receber das devidas denúncias...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos eisenschlag

    ± 18 horas

    STF, o brasileiro nao nasceu ontem. Ele tem certeza que se tivesse o mínimo indicio de financiamento de atos ilegais por parte dos deputados conservadores, eles ja' teriam sido escrutinados pela nossa mídia de viés progressista. Quebrar o sigilo bancário por perseguição ideológica nao e' ao que digamos democrático, sendo de deputados que ate ontem tinham imunidade parlamentar fica ainda mais feio. E o silencio do presidente da Camara e' uma eloquente confissão da perseguição.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    VICENTE M B

    ± 19 horas

    E quem financia o MST o PT o acampamento lula livre os blak , são dois pesos e medidas diferentes ,absurdo

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Freitas

      ± 17 horas

      Sem entrar no mérito dessa discussão, mas, me atendo à frase impactante: " são dois pesos e duas medidas", entendo que, havendo dois pesos diferentes, só podemos ter duas medidas, também diferentes. Assunto para discussão.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    CSG

    ± 19 horas

    Gostem ou não, esses deputados precisam responder pelos seus atos irresponsaveis, parlamentar é eleito para legislar , não para atacar as instituições , gostem delas ou não.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    C R Berger

    ± 19 horas

    Rotular qualquer manifestação pública como anti democrática ou inconstitucional, a mim parece ser um julgamento sem maior profundidade. Fica a 1 mm daquele apresentador que diz: isso é um VERGONHA

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Juliander Januario Placido

    ± 20 horas

    Tem algo que o STF e os perdedores da eleição não entenderam ou não querem entender. O povo fez campanha de graça para Bolsonaro na eleição. E esse mesmo povo que quer um Brasil melhor, Continua torcendo e apoiando as pautas do governo, seja na internet ou nas manifestações de rua...E de graça. Não são os sindicatos nem as UNEs ou MSTs, outrora sustentados com dinheiro público que estão nas ruas. São brasileiros querendo um país melhor... E isso os perdedores da eleição não conseguem suportar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Freitas

      ± 17 horas

      Tem algo que muitos insistem em não reconhecer ou por alienação ou por má fé. Jair Bolsonaro teve os votos que teve, mas não os tem mais. Boa parte dos votos que teve foi voto contra o PT. Portanto, ele não tem mais o apoio da maioria da Sociedade. Isto é público e notório. Todas as pesquisas (ah, as pesquisas, dirão vocês), todas as pesquisas, inclusive as das redes sociais, indicam uma perda absoluta de apoio. PONTO FINAL.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.