i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Natureza paranaense

De castelo medieval a cânions e cachoeiras: o que ver nos Campos Gerais

  • PorGazeta do Povo
  • 06/10/2019 08:00
Parque do Guartelá, nos Campos Gerais: trilhas e cachoeiras para quem gosta de turismo de aventura.
Parque do Guartelá, nos Campos Gerais: trilhas e cachoeiras para quem gosta de turismo de aventura.| Foto: Rosaldo D.Pereira/divulgação

Uma festa no Castelo Medieval, no Parque Castanheira, neste fim de semana está agitando os Campos Gerais no Paraná. Ainda pouco conhecido, o castelo chama a atenção para uma região do Estado que impressiona pela beleza. Formada por 12 municípios, a região tem grandes áreas verdes de preservação e proporciona uma experiência completa aos turistas, já que a infraestrutura para visitar os principais pontos turísticos vem aumentando.

Na região é possível conhecer as belezas da natureza nos passeios pelo Parque Estadual do Cerrado, entre as cidades de Jaguariaíva e Sengês; o Parque Estadual do Guartelá, em Tibagi; Parque Municipal do Buraco do Padre e Parque Estadual da Vila Velha, ambos em Ponta Grossa.

Quem gosta de trilhas, pode ainda conhecer o Parque Ecológico da Klabin, em Telêmaco Borba, a Fazenda São Damásio e a reserva particular do Patrimônio Natural Itaytyba.

Os municípios que pertencem à região são Arapoti, Carambeí, Castro, Jaguariaíva, Ortigueira, Palmeira, Piraí do Sul, Ponta Grossa, São João do Triunfo, Sengês, Telêmaco Borba e Tibagi.

O acesso até as cidades pode ser feito de avião, pelo aeroporto de Sant´Ana, em Ponta Grossa, mas a via terrestre é a mais indicada por apresentar paisagens espetaculares no trajeto. As rodovias PR-092, PR-239, PR-151, PR-340, PR-090 e BR-376, BR 277 e BR 153, além da Rodovia Transbrasiliana ligam os municípios a outros pontos do país.

Confira algumas atrações da região

Feira Medieval
O Castelo Florença, em Ponta Grossa, abre para eventos e casamentos. Foto: Divulgação.
O Castelo Florença, em Ponta Grossa, abre para eventos e casamentos. Foto: Divulgação.

A primeira edição da Feira Medieval tem o apoio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur) e será realizada no Castelo Medieval, no Parque Castanheira,. Até às 20 horas deste domingo (6) a feira apresenta shows ao vivo, teatro, concurso de trajes, banquete real, atividades de entretenimento medieval, show de lutas medievais e uma variedade de opções gastronômicas.

Os ingressos para a feira custam R$ 10 por pessoa. O valor não inclui a participação no banquete real, que será realizado à parte (ingressos a R$ 80). Crianças até cinco anos não pagam. Pessoas com trajes medievais completos pagam meia-entrada.

A Feira Medieval acontece nos dias 5 e 6 de outubro no Castelo Medieval Florença, na rua Imbira, 10, Parque Castanheira das 10 às 20 horas. Mais informações: (42) 98805-7000 / (42) 99973-1907

Jaguariaíva
Cânion de Jaguariaíva. Foto: Michelle Zanette/Wikimedia Commons
Cânion de Jaguariaíva. Foto: Michelle Zanette/Wikimedia Commons

Jaguariaíva fica a 240 km de Curitiba, próximo à divisa do estado de São Paulo. A cidade abriga o Parque Estadual do Cerrado, onde está parte da formação geológica conhecida como Escarpa Devoniana, uma Área de Preservação Ambiental que se estende por mais 13 municípios do Estado, o Parque Estadual do Vale do Codó, por onde corre o rio Jaguariaíva, o Parque Linear do Rio Capivari, com várias cachoeiras e o Parque Municipal Lago Azul com piscinas naturais formadas pelas águas do rio Lajeado Grande e a Cachoeira Véu de Noiva.

O Cânion de Jaguariaíva é o oitavo maior do mundo em extensão e tem pouco mais de 10 km de extensão e é formado por paredes de arenito que chegam a uma altura de até 80 metros.

O acesso para chegar até lá e pela Rodovia PR-151 e a visitação é livre. Na cidade, há diversas opções de pousadas e hotéis.

Cânion Guartelá
 Cânion Guartelá. Foto: Divulgação
Cânion Guartelá. Foto: Divulgação| Gazeta do Povo

O Parque Estadual Guartelá fica a 200 km de Curitiba e abriga o sexto cânion mais extenso do mundo. O Parque fica na divisa das cidades de Tibagi e Castro, dos Campos Gerais. Por lá, é possível encontrar pinturas rupestres que indicam a presença de tribos indígenas na região, há milhares de anos.

Quem quer visitar o Parque Estadual Guartelá tem duas opções: uma trilha menor, de 5 quilômetros, que é gratuita, e uma segunda trilha maior, com 8 quilômetros, que precisa de um guia turístico para ser realizada (e custa R$ 35 por pessoa).

O Parque fica aberto de quarta-feira a domingo, além de feriados nacionais. O horário de funcionamento é das 9h às 16h30. A administração do parque recomenda que o passeio seja feito no período da manhã ou logo após o almoço devido à extensão dos trajetos disponíveis. Grupos com mais de 30 pessoas devem ser agendados pelo telefone 0800 643 1388.

Buraco do Padre
Cachoeira Buraco do Padre. Foto Carolina Zabini/Wikimedia Commons
Cachoeira Buraco do Padre. Foto Carolina Zabini/Wikimedia Commons

A pouco mais de 100 quilômetros de Curitiba, a furna Buraco do Padre, em Ponta Grossa (PR), é um dos passeios mais instigantes nas proximidades de Curitiba.

O local fica no distrito de Itaiacoca, a apenas cerca de 30 quilômetros adiante do Parque Vila Velha — uma mesma viagem pode servir para visitar os dois atrativos.

Trata-se de uma caverna subterrânea que foi se expandindo até formar a abertura no topo, criando uma vista extraordinária para quem está do lado de dentro. A furna tem uma cascata de 30 metros que forma um lago em seu interior.

Além das trilhas, o Buraco do Padre também oferece espaços para piqueniques e churrasco. A disponibilidade depende da chegada dos visitantes.

O acesso ao local é feito pela Rodovia do Talco (PR-513), no km 14. A partir do campus Uvaranas da UEPG, deve-se percorrer 16 km e virar à direita numa estrada não pavimentada. Após 6 km deve-se virar à esquerda para o acesso ao Buraco do Padre.

Horários: de quinta a domingo e feriados, das 9h às 17h (a saída é obrigatória até às 19h).

Carambeí

Considerado o maior museu histórico a céu aberto do Brasil, o Parque Histórico fica entre Castro e Ponta Grossa, a 140 km de Curitiba. Tem mais de 100 mil m2 e se destaca por preservar e difundir a memória dos imigrantes holandeses que chegaram à cidade paranaense no século passado.

O Parque Histórico de Carambeí começou a funcionar em 2001, quando foi inaugurada a Casa da Memória, para comemorar os 90 anos de imigração holandesa na cidade. Em 2011 foram anexados a Vila Histórica e o Parque das Águas. A primeira é uma reprodução da colônia holandesa do local entre 1911 e 1950. O segundo é inspirado em parques existentes na Holanda.

O Parque Histórico de Carambeí fica na Avenida dos Pioneiros, 4050 , Carambeí

Abre para visitação de terça a domingo, das 11h às 18h. O ingresso para visitar o museu custa R$20,00. Professores, estudantes, doadores de sangue regulares com documento comprobatório, pessoas com deficiência e grupos de terceira idade têm direito a meia entrada, que equivale a R$10,00.

Nota da redação: A foto do Castelo Medieval publicada originalmente nesta reportagem não era do Castelo de Ponta Grossa e foi enviada equivocadamente para redação. A foto foi alterada. Pedimos desculpas aos nossos leitores.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • G

    George Orwell

    ± 9 horas

    Esse castelo da foto não é em Ponta Grossa!!! https://www.muiderslot.nl/en/castle/route/

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • G

      George Orwell

      ± 9 horas

      A foto do tal “castelo medieval” não tem nada a ver com o local. Provavelmente é a imagem de algum castelo verdadeiramente medieval da Europa. Não vão a Ponta Grossa baseados na foto para não se decepcionarem...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      1 Respostas
      • G

        George Orwell

        ± 9 horas

        https://www.muiderslot.nl/en/castle/route/

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

    Fim dos comentários.