i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Depois da festa

4 toneladas de lixo são retiradas da Praça da Espanha

Local sediou um Réveillon Fora de Época no sábado. Além do lixo, prefeitura trocou as 15 mil flores do local e fez manutenção em bancos, lixeiras e no chafariz da praça

  • PorGazeta do Povo
  • 05/03/2012 16:54
Imagem da Praça Espanha após o Réveillon Fora de Época. | Aniele Nascimento / Gazeta do Povo
Imagem da Praça Espanha após o Réveillon Fora de Época.| Foto: Aniele Nascimento / Gazeta do Povo

O Réveillon Fora de Época, que ocorreu neste sábado (3) na Praça da Espanha, em Curitiba, deixou muita sujeira e estragos no local. Segundo a prefeitura, foram retiradas 3,9 toneladas de lixo da praça. Ainda foi preciso replantar as flores e fazer manutenção em bancos, lixeiras e no chafariz do lugar.

Nesta segunda-feira (5), equipes da secretaria do meio ambiente replantaram 15 mil flores, que haviam sido pisoteadas e destruídas. Também foi preciso providenciar a repintura do prédio da biblioteca, que fica no meio da praça, e do pergolado, que estavam sujos e pichados.

O chafariz também precisou de manutenção. Ele foi lavado e repintado, porque estava sujo e havia muitos cacos de vidro no fundo. Os 18 bancos foram repintados, porque estavam sujos e pichados. As dez lixeiras da praça também passaram por manutenção, já que ficaram danificadas.

Festa

O Réveillon Fora de Época reuniu cerca de 25 mil pessoas entre a noite de sábado (3) e a madrugada de domingo na Praça da Espanha, no Bigorrilho. A maioria dos participantes recebeu convites (ou simplesmente ficou sabendo sobre o evento) via redes sociais. A proposta era celebrar à meia-noite – cada um à sua maneira – o "verdadeiro" início de ano, seguindo o ditado popular de que no Brasil ele só se inicia depois do Carnaval.

Policiais militares e guardas municipais fizeram a segurança de toda a praça, enquanto banheiros químicos foram instalados pela Prefeitura de Curitiba para atender os participantes. Sem nenhuma programação cultural, o evento se resumia a grupos de pessoas bebendo, conversando e ouvindo música nos carros. À meia-noite, como no ano novo tradicional, houve queima de fogos e alguns participantes mais exaltados se banharam no chafariz da praça.

Segundo a Polícia Militar (PM) e a Guarda Municipal foram registradas apenas três ocorrências de perturbação de sossego. Apesar dos registros oficiais apontarem tranquilidade, algumas pessoas que estiveram na festa relataram, nas redes sociais, que houve confusão. Segundo os relatos, houve arremesso de garrafas em meio a multidão e confronto de grupos com os agentes de segurança.

Polêmica

O evento deste fim de semana não teve uma organização formal e as pessoas foram convidadas a participar da festa por meio das redes sociais. A ideia desse réveillon, segundo um porta-voz que só deu entrevistas por e-mail, sem ser identificado, era mobilizar a população para um evento divertido e inusitado. Por isso mesmo, o grupo não se comprometeu a levar música, bebidas ou fogos de artifício, deixando a responsabilidade por conta dos participantes. Somente pelo Facebook, 56 mil pessoas foram convidadas a participar da festa.

Na versão de 2011, o réveillon fora de época deixou a Praça da Espanha com muito lixo no chão, carros com som alto e desrespeito ao meio ambiente. Os comerciantes sofreram também com a procura por banheiros nos seus estabelecimentos, sem que as pessoas consumissem algo no local.

A prefeitura não foi notificada oficialmente do evento, mas concordou em garantir a estrutura, apesar de afirmar que não apoia a festa. O órgão ainda ressaltou que a praça não comporta um evento desse porte.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) também participou da discussão. O órgão enviou ofício à Secretaria municipal de Meio Ambiente solicitando que o Executivo agisse para "impedir que este evento se realize sem o mínimo de condições e estrutura".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.