i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Caso Cleimans

Acusados de matar empresária passam por audiência nesta terça

Devem ser ouvidas no Tribunal do Júri a última testemunha de acusação e oito testemunhas de defesa dos réus

  • PorKelli Kadanus
  • 25/08/2014 15:53

Os acusados de matar a empresária Clemans Abujamra passam por uma audiência nesta terça-feira (26). Devem ser ouvidas no Tribunal do Júri a última testemunha de acusação e oito testemunhas de defesa dos réus Cristiane Abujamra, de 48 anos, e Arnold Vianna, de 18, irmã e sobrinho da empresária.

De acordo com a assistente de acusação, Louise Mattar Assad, é possível que os dois réus sejam interrogados ainda nesta terça-feira (26). De acordo com a advogada, a pena pode variar de 12 a 30 anos de prisão. "É um homicídio qualificado e eles alteraram o local do crime", explica Louise.

Depois do interrogatório dos réus, o Ministério Público e os assistentes de defesa e acusação devem fazer as alegações finais. Em seguida o juiz decide se o caso vai para julgamento popular no Tribunal do Júri. A expectativa é que o Júri aconteça ainda esse ano, porque são réus presos", afirma Louise.

Entenda o caso

O corpo de Clemans Abujamra, de 51 anos, foi encontrado em um terreno baldio no Batel, em Curitiba, por volta das 7h30 do dia 29 de abril de 2013. De acordo com a Delegacia de Homicídios, Clemans Abujamra morava nos Estados Unidos com o marido, mas costumava vir à capital para passar alguns dias. Clemans foi morta com quatro facadas, que atingiram pescoço, tórax e costas.

Em fevereiro deste ano, Cristiane Abujamra e Arnold Vianna foram presos acusados de terem cometido o crime.

Veja também
    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.