i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
No Maranhão

Advogados pedem impeachment da governadora Roseana Sarney

O documento foi protocolado pelo advogado Murilo Henrique Morelli, representante do Cadhu, Coletivo de Advogados em Direitos Humanos, entidade criada no ano passado

  • PorFolhapress
  • 14/01/2014 19:38

Um grupo de advogados protocolou nesta terça-feira (14) na Assembleia Legislativa do Maranhão um pedido de impeachment da governadora Roseana Sarney (PMDB) por violações aos direitos humanos diante da crise no complexo penitenciário de Pedrinhas, onde 62 morreram desde o ano passado.

O documento foi protocolado pelo advogado Murilo Henrique Morelli, representante do Cadhu, Coletivo de Advogados em Direitos Humanos, entidade criada no ano passado. O grupo é formado por cerca de 20 profissionais de São Paulo e do Rio de Janeiro.

O pedido baseia-se, segundo Morelli, na escalada de violência em Pedrinhas. "Mesmo alertada desde 2011, inclusive por órgãos internacionais, a governadora não só se omitiu como deixou de agir", disse Morelli.

O advogado foi recebido pelo deputado Othelino Neto (PC do B), que é da Comissão do Recesso. A Assembleia Legislativa informou, via assessoria, que o presidente da Casa, Arnaldo Melo (PMDB), assim que tomar conhecimento do documento, vai instituir uma comissão especial para analisar o pedido.

Os deputados voltam do recesso parlamentar no dia 3 de fevereiro. A maioria dos 42 deputados compõe a base do governo.

Procurado, o governo do Maranhão não comentou o pedido de impeachment. Em nota, informou que tem dado prioridade às questões que envolvem "a solução dos problemas" no sistema penitenciário.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.