Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | xxxxx/ Gazeta do PovoGazeta do Povo
| Foto: xxxxx/ Gazeta do PovoGazeta do Povo

Moradores do Edifício Helena Thá, na Rua Professor Dario Velloso, no bairro Vila Izabel, estão indignados com a retirada de uma araucária no terreno aos fundos do prédio onde moram. O corte foi feito pela construtora Tecnisa, durante a limpeza da área para um empreendimento que ironicamente receberá o nome de Araucárias. "Árvore frondosa, antiga, além de nos agraciar com seus frutos e sombra, esta araucária era morada de inúmeros pássaros", diz Vanessa Terezinha Thá, que enviou uma imagem do local (foto). A revolta é compreensível, mas, segundo a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), a retirada foi feita de forma autorizada. O órgão informa que autorizou o corte de cinco araucárias no local, após várias negociações, em que as duas partes tentaram preservar ao máximo as árvores.

Compensação

Segundo a Entrerios Investimentos Imobiliários Ltda., proprietária e incorporadora do empreendimento, "a supressão das araucárias se deu mediante regular e legítimo processo de licenciamento de corte perante o órgão competente". Para compensar a remoção das araucárias, a construtora terá de plantar novas árvores. Segundo a Lei Municipal 9.806/2.000, para cada araucária abatida é preciso fazer o plantio de quatro mudas de espécies recomendadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. A SMMA afirma que 20 árvores deverão ser colocadas no terreno. Resta aos moradores fiscalizar o cumprimento do acordo.

Ucranianos do Brasil

A Representação Central Ucraniano Brasileira (RCUB), entidade que congrega associações civis e religiosas representativas de meio milhão de brasileiros descendentes de ucranianos, manifestou-se por meio de uma nota oficial sobre a visita do presidente da Rússia, Vladimir Putin, ao Brasil. Putin estará no nosso país para acompanhar o jogo da final da Copa do Mundo, amanhã, no Rio de Janeiro, e para participar da reunião dos BRICs, na semana que vem, em Fortaleza. A comunidade ucraniana pede ao governo brasileiro que repudie e em hipótese alguma reconheça "a ocupação ilegal e anexação da Criméia pela Rússia". Também solicita que o Brasil não assine documento algum que condene as sanções aplicadas aos russos pelas potências ocidentais. Leia amanhã em Mundo mais informações sobre o assunto.

Vagas ociosas

A Universidade Federal da Integração Latino Americana (Unila), em Foz, está com inscrições abertas para o processo de seleção que preencherá vagas ociosas em 15 cursos de graduação, para ingresso no segundo semestre. Há três modalidades de ingresso: Transferência, Complementação de Estudos e Aproveitamento de Diploma. Podem participar candidatos brasileiros e estrangeiros. As inscrições devem ser feitas até o dia 21 de julho pelo site www.unila.edu.br

Ai, que fome!

A combinação de frango com quiabo é mineira, mas cai muito bem no inverno curitibano. Conheça dois lugares que servem o prato na capital:

• Mukeka Cozinha Brasileira

O restaurante fica na Rua Machado de Assis, 417, e oferece de terça a sexta-feira frango com quiabo como uma opção do almoço executivo. Vem com uma salada e o cliente pode escolher três acompanhamentos. Sai por R$ 23,50

• Divino Fogão

O bufê fica no Shopping Curitiba e prepara o prato toda semana, mas não tem um dia fixo. O frango ensopado com quiabo é servido, geralmente, na segunda ou terça-feira. O quilo sai por R$ 46,90

Colaborou: Flávia Schiochet

Dê sua opinião

O que você achou da coluna de hoje? Deixe seu comentário e participe do debate.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]