i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Entrelinhas

O Palácio (continua) dos Estudantes

  • PorAndréa MOrais - entrelinhas@gazetadopovo.com.br
  • 03/04/2013 21:45
 | Divulgação/SMCS
| Foto: Divulgação/SMCS

O Palácio dos Estudantes – como ficou conhecido o casarão da Carlos Cavalcanti usado pela UPE – continuará sendo a "casa dos estudantes", mesmo com o repasse da gestão para a Fundação Cultural de Curitiba. "Não será um edifício da FCC que terá um espaço reservado para os universitários. As duas entidades atuarão no local, sem uma ferir a autonomia da outra", explica o secretário municipal da Cultura, Marcos Cordiolli.

Segundo Cordiolli, além das ações habituais da UPE, a FCC usará o casarão para oferecer atividades voltadas aos jovens. Um Centro de Cultura Digital e outro de memória contra a repressão estão nos planos de uso. E a parceria com os estudantes não deve se limitar aos muros da casa: FCC, UPE e universidades querem, juntas, levar para as ruas de Curitiba festivais de música, cineclubes e manifestações de artes cênicas.

A expectativa é que o casarão seja reaberto até o fim do ano. Antes disso, serão necessários reparos nos sistemas elétrico e hidráulico do prédio, além de pintura. O relatório preliminar indica que a casa não teve comprometimento estrutural, o que facilitará a execução da obra.

Algo muito errado

Após a análise dos recursos, a OAB deve divulgar amanhã o resultado final do Exame de Ordem. Mas é pouco provável que ocorra alguma mudança significativa no quadro anunciado no mês passado, pelo qual quase 90% dos candidatos foram reprovados. Embora esse seja o pior desempenho desde que a prova foi unificada em 2010, nos anos anteriores a aprovação também deixou a desejar – o porcentual máximo de aprovados ficou na casa dos 25%.

A dúvida que fica é se os nossos advogados estão saindo das universidades sem o preparo adequado, ou o exame da OAB é que exagera na cobrança. Ou haveria outra explicação?

O passado de volta

Quem julga que fralda de pano é coisa do passado, engana-se. Nas redes sociais é comum encontrar relatos de mães que estão testando o "novo artefato". Mas ele se parece pouco com os modelos antigos: agora as fraldas são anatômicas, coloridas, com botões e proteção lateral para evitar vazamentos. Outra diferença é o preço: uma custa cerca de R$ 30, mas com a vantagem de poder ser lavada e reutilizada várias vezes. A única coisa igual é o trabalho para limpar a fralda. A tarefa é desagradável, mas o meio ambiente agradece.

Saúde nas estradas

Os caminhoneiros que passarem hoje pelo Posto Contorno VII, na PR-373, perímetro urbano de Ponta Grossa (sentido Carambeí), das 9 às 17 horas, terão acesso a uma série de serviços de saúde e tudo de graça. Consultas médica e odontológica, exames básicos e até cortes de cabelo serão oferecidos aos motoristas, dentro do ônibus do programa Estrada para a Saúde, realizado pela concessionária RodoNorte. O projeto existe desde 1998, já atendeu 30 mil caminhoneiros e é realizado na primeira quinta-feira de cada mês.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.