i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Violência

Curitiba e RMC registram sete mortes violentas em 24 horas

Duas ocorrências aconteceram na capital, quatro aconteceram na região metropolitana e uma foi registrada em hospital

  • PorFelippe Aníbal
  • 16/06/2010 17:30

Entre as 19 horas de terça-feira (15) e as 19 horas de quarta-feira (16), Curitiba e os municípios da região metropolitana (RMC) registraram sete mortes violentas – causadas por ferimentos de arma de fogo ou branca, ou por agressão física. Segundo relatório divulgado pelo Instituto Médico Legal (IML), dois casos aconteceram na capital paranaense, quatro na RMC e um em hospital. Seis crimes fatais foram cometidos com armas de fogo e um, por agressão física.

O primeiro caso aconteceu às 19h20 de terça-feira, em Pinhais, na região metropolitana. José Salvino da Silva, de 35 anos, foi assassinado em via pública, com cinco tiros – dois no tórax, dois na perna e um na cabeça.

Em Curitiba, Adriano Prestes dos Santos, de 28 anos, foi morto a tiros, quando manobrava um automóvel Palio, na Rua Fernando de Souza Costa, no bairro Fazendinha. Testemunhas disseram à polícia que indivíduos que estavam em outro carro passaram atirando. A vítima seria suspeita de ser usuária de entorpecentes e a Delegacia de Homicídios (DH) acredita que a motivação do crime pode estar relacionada às drogas.

O caso que mais chamou a atenção da polícia aconteceu em Piraquara, na RMC, à 1h50 desta quarta-feira. Renato Pereira dos Santos, de 38 anos, foi assassinado dentro da casa onde morava, na Rua Domingas Zeni. Dois homens encapuzados invadiram a residência e o mataram no quarto, na cama em que dormia acompanhado da mulher. Ele foi esfaqueado a atingido por tiros.

Há dois meses, Santos havia sido vítima de uma tentativa de homicídio. Na ocasião, ele chegou a ser atingido por tiros, mas sobreviveu depois de ter sido internado no Hospital Cajuru.

Curitiba e RMC chegaram a ficar 35 horas sem qualquer registro de crimes fatais.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.