Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Hedeson Alves/Arquivo/Gazeta do Povo
| Foto: Hedeson Alves/Arquivo/Gazeta do Povo

No início do de 2016, o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) vai fechar sua central de atendimento localizada na Rua João Negrão, no Centro de Curitiba. O contrato de locação do prédio está em vias de vencer, mas o órgão anunciou que não renová-lo. A unidade registra uma média de 13 mil atendimentos por mês, de serviços como renovação de carteira de motorista, cadastro biométrico e processos de transferência veicular que não dependessem de vistoria.

“O proprietário [do prédio] pediu um valor muito elevado, muito acima da realidade do mercado. Tentamos negociar, mas não houve acordo”, disse o diretor do Detran-PR, Marcos Traad. Hoje, o órgão paga R$ 47 mil de aluguel, mais R$ 5 mil de condomínio, pelo edifício da João Negrão.

A previsão é de que a unidade seja fechada já em janeiro de 2016. Enquanto o Detran-PR não encontrar um prédio adequado – com acessibilidade e um pátio que possibilite a realização de vistorias veiculares – o órgão ficará sem um ponto de atendimento no Centro. Os serviços serão prestados nas outras duas unidades do Detran-PR, no Tarumã e no Hauer. Os funcionários que trabalham no prédio da João Negrão serão remanejados.

“Não vai ter impacto na qualidade de serviços, porque capacidade de atendimento nós temos. Pode haver, no início, um impacto na percepção do cidadão, que vai achar que perdeu um ponto central. Isso pode trazer alguma crítica, mas vamos continuar explicando os motivos”, apontou Traad.

O diretor do Detran-PR disse que visitou mais de 20 prédios na região central – alguns que pertencem ao próprio governo do estado –, mas os imóveis não estavam adequados às necessidades da repartição ou os proprietários pediram um valor muito alto pelo aluguel. “Vamos continuar essa busca. Mas, enquanto isso, o atendimento continua no Tarumã e Hauer”, disse Traad.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]