Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A cidade de São Paulo registrou em apenas sete dias 96,8% de toda a chuva esperada para o mês de julho. Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência), da prefeitura, foram contabilizados, até as 13h desta terça (7), 45,7 mm (milímetros) de chuva, ante a média história do mês de 47,2 mm.

Segundo o órgão, o tempo está mais chuvoso do que nos anos anteriores por conta do El Niño, que age aquecendo as águas do Pacífico Equatorial. Os bloqueios atmosféricos, que costumam impedir passagem das frentes frias e áreas de instabilidade nessa época do ano, não estão agindo.

O volume acumulado na cidade poderá subir ainda mais, já que o deslocamento de uma frente fria pela região Sul, associada a uma área de baixa pressão, deixará o tempo instável e chuvoso pelo menos até quinta (9).

O sistema Guarapiranga já superou o total de chuva esperada para o mês. Segundo dados da Sabesp, já foram registrados 44,8 mm de chuva no reservatório, sendo que a média histórica do mês é de 42,1 mm. No Alto Tietê, a chuva já chegou a 45,2 mm, o que corresponde a 84,6% dos 53,4 mm esperados.

No acumulado do inverno - período mais seco do ano -, o CGE aponta 51,6 mm de chuva desde o início da estação, em 21 de junho, o que corresponde a 36,8% dos 140,1 mm esperados para toda a estação - ela termina no final de setembro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]