Incidência de raios aumenta em Curitiba e no Litoral do Paraná

Além das já tradicionais chuvas de verão de janeiro, os últimos dias têm concentrado alto índice de raios em Curitiba e no litoral do estado. A sensação de que está trovejando muito é confirmada pelos números do Instituto Tecnológico do Paraná, o Simepar. De acordo com levantamento do órgão, nas duas primeiras semanas do ano, o número de raios em Curitiba em 2014 foi nove vezes maior do que no mesmo período do ano passado. Leia matéria completa.

As fortes chuvas devem dar uma trégua este fim de semana no Paraná. Com o distanciamento da frente fria que provocou as precipitações no estado nos últimos dias – chegando, inclusive, a causar estragos –, as temperaturas devem subir e o sol volta a aparecer com pouco mais força em todas as regiões.

Segundo o Instituto Tecnológico Simepar, mesmo com a previsão de um tempo mais seco, a nebulosidade ainda vai estar presente nos próximos dias. Nesta sexta-feira (17), o sol aparece entre nuvens em todas as regiões paranaenses, até mesmo no Litoral, onde também não está descartada a possibilidade de pancadas de chuvas isoladas até, pelo menos, a próxima terça-feira (21).

Nas cidades litorâneas, as temperaturas vão ultrapassar os 30°C. Em Matinhos, entre esta sexta e domingo (19), os termômetros ficam entre 31°C e 32°C, com mínima em torno dos 19°C. Em Antonina, o calor pode chegar a 33°C a partir de domingo, com possibilidade de chuvas típicas de verão durante o dia.

Em Curitiba, pelo menos no fim de semana, as temperaturas serão mais modestas. Nesta sexta e sábado, a capital pode chegar a ter 27°C e 28°C, respectivamente. Já no domingo, o calor não passa dos 26°C.

Nas regiões Oeste e Sudoeste do Paraná, o calor é mais visível já nesta sexta. Em Cascavel, a máxima chega aos 30°C, sendo que não há previsão de chuvas para a cidade durante o dia. Em Foz do Iguaçu as temperaturas vão além, com previsão de 32°C para esta sexta e 30°C no fim de semana.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]