i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Manifestação

Grávida de 13 semanas, deputada do PSOL comemora aprovação do aborto na Argentina

  • PorGazeta do Povo
  • 30/12/2020 15:20
Foto postada pela deputada federal Samia Bomfim (PSOL-SP), ao comemorar estar grávida de um bebê de 13 semanas.
Foto postada pela deputada federal Samia Bomfim (PSOL-SP), ao comemorar estar grávida de um bebê de 13 semanas.| Foto: Twitter / Reprodução

A deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP), após comemorar estar grávida de um "bebê de 13 semanas" no último domingo (27), foi novamente às redes sociais para festejar a votação no Senado da Argentina que aprovou a legalização do aborto até a 14ª semana de gestação.

"Explosão de alegria na Argentina! Depois de uma longa sessão, o Senado aprovou a legalização do aborto no país. Uma conquista histórica do movimento feminista. Que a maré verde se espalhe por toda a América Latina!", disse ela no Twitter.

Antes, ao ser questionada pelo colunista da Gazeta do Povo, Flavio Gordon, por usar a palavra "bebê de 13 semanas", ou seja, admitir que é uma vida humana, ela respondeu que luta pelo "direito" de que todas possam escolher. Em tréplica, Gordon questiona se quando ela escolhe o feto se torna bebê e quando não escolhe ele deixa de ser humano. Não há contestação por parte da deputada.

O PSOL é autor de ação no Supremo Tribunal Federal que tenta legalizar o aborto até a 12ª semana de gestação, por meio da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 442. A tentativa é vista por vários juristas como um "aborto jurídico" já que o partido, ao invés de tentar mudar a Constituição e o Código Civil (que defende a vida desde a concepção) por vias democráticas, pelo Congresso Nacional, recorre ao Poder Judiciário - que não tem a função de elaborar leis - em uma esperança de ter seu desejo atendido por meio de ativismo judicial.

6 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 6 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • E

    ELIAS

    ± 0 minutos

    Cabeças ocas é um otimo lugar para o capeta montar sua empresa. Quem sabe ela não terá daqui a 9 meses um amontoado disforme de células saindo ao inves de um ser divino!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • J

      João Carlos

      05/01/2021 22:12:08

      É a mais pura hipocrisia à serviço da ideologia, do relaxamento moral e da relativização da vida humana - com o vasto cardápio de métodos contraceptivos atuais, é indefensável qualquer argumento de “defesa da escolha” e “defesa da saúde”, para advogar o aborto fora das situações já previstas em lei. Ao que parece, o direito ao nascimento só vale para os “bebês” psolistas... Será que a deputada estaria por aí comemorando, se sua mãe tivesse decido aborta-la anos atrás?!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • M

        MARCELO

        03/01/2021 14:20:39

        Não esperava nada diferente da cabeça de uma esquerdista, ainda mais PSOL. Esta turma deve ter nascido a partir de ovos chocados, pois não dá para entender tamanha contrariedade aos princípios éticos, cristãos, familiares e sociais defendidos. Se não houver limites que detenham esta expansão progressista, em breve estaremos em um época de trevas, de total selvageria.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • F

          Fabio da silva de castilho

          30/12/2020 21:50:50

          Esquerdista é o pior da espécie humana.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • M

            Marilena

            30/12/2020 19:00:54

            Foi aprovado um assassinato em massa!!!!! Isso é extermineo!!! Absurdo!!!!

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • G

              Gilcimar F. Toledo

              30/12/2020 18:51:44

              Diante dos vários meios contraceptivos existentes e à disposição atualmente, alegar "direito de escolha" é uma ofensa a inteligência alheia. Escolha não fazer sexo sem preservativo. Hoje discute-se acerca do feto de 12 semanas, amanha qual será a discussão? 20, 30, 40 semanas?

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              Fim dos comentários.