i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Rodovias

Hospitais lotaram no fim de semana

  • PorPaola Carriel
  • 22/09/2008 21:02

Os pronto-socorros de Curitiba ficaram sobrecarregados no fim de semana por causa das vítimas de acidentes de trânsito. Alguns pacientes tiveram de ser transferidos para hospitais na região metropolitana. No Hospital Evangélico, o movimento foi o triplo do normal. Os médicos atendem em média dez casos de vítimas acidentes de trânsito no fim de semana. Nesse, foram 30 vítimas atendidas em 24 horas. Os médicos acreditam que boa parte dos acidentes foi ocasionada pelo álcool. Os hospitais Cajuru e do Trabalhador também ficaram superlotados.

O diretor técnico do Hospital Evangélico Celso Fiszdeyn diz que os médicos não sentiram muita diferença no número de atendimentos após a lei seca, ao contrário, houve um aumento. "Comparando 45 dias antes da lei e 45 dias depois tivemos um aumento de 8% no número de atendimentos", diz. A direção do hospital está fazendo um levantamento para saber quanto é gasto com o atendimento a vítimas de acidentes de trânsito, mas a avaliação preliminar mostra que o hospital e o SUS saem no vermelho.

O tenente Leonardo dos Santos, responsável pela Comunicação Social do Corpo de Bombeiros, afirma que a instituição recebeu 186 chamadas neste fim de semana de Curitiba e Região Metropolitana, o que é considerado normal. Ele conta que nas primeiras semanas da lei seca houve uma diminuição da demanda, mas agora as estatística voltaram ao mesmo patamar de antes da promulgação.

Santos acredita que é necessário haver mais conscientização dos motoristas. "Tivemos que transferir vítimas para hospitais de outros munícipios, mas a questão principal é diminuir o número de vítimas e não aumentar o número de vagas, senão vamos ter verdadeiras batalhas no trânsito", diz. O Batalhão de Policiamento do Trânsito (BPTran) registrou 105 acidentes neste fim de semana, sendo 40% somente no sábado. Um motorista foi preso em flagrante por embriaguez.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.