i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Desapareceu na terça-feira

Namorado confessa assassinato de moradora do Pilarzinho que estava desaparecida

Corpo da assistente de pós-vendas Marilze Gomes foi encontrado na tarde desta quinta-feira (20) na zona rural de Colombo. Ciúme teria motivado o crime

  • PorRodrigo Batista e Leilane Benetta, do Paraná Online
  • 20/08/2015 16:43
 | Reprodução/Facebook
| Foto: Reprodução/Facebook

A assistente de pós-vendas Marilze Bozza Gomes, 34 anos, que estava desaparecida desde a manhã de terça-feira (18), foi encontrada morta na tarde desta quinta-feira (20). O corpo foi localizado na zona rural cidade de Colombo, Região Metropolitana de Curitiba, pelas equipes da Polícia Civil que investigam o caso. Segundo a polícia, o namorado confessou o crime e levou os investigadores ao local onde o corpo foi localizado.

Marilze desapareceu na manhã de terça-feira (18) enquanto ia para o trabalho. Ela era funcionária de uma empresa de telefonia. O delegado-chefe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Miguel Stadler, disse em entrevista coletiva que ela foi morta no bairro Pilarzinho, em Curitiba.

O namorado teria apresentado versões contraditórias para o desaparecimento da vítima. Com isso, as equipes de investigação o ouviram até que ele confessou o crime. Em depoimento, segundo a DHPP, o namorado disse que o motivo da morte seria uma discussão que os dois tiveram antes da morte. Ele teria alegado que estava com ciúmes de Marilze, por suspeitar que ela poderia tê-lo traído.

O acusado teria usado uma garrucha para cometer o crime. Após a morte, segundo depoimento, o acusado teria dirigido por 40 quilômetros e enterrado o corpo da vítima em uma área da zona rural de Colombo. Até o fim da tarde desta quinta-feira, ele permanecia preso, mas ainda não havia sido autuado pelo crime.

Relacionamento

O irmão da assistente de pós-vendas, o latoeiro Eraldo Bozza Gomes, 46, disse que Marilze nunca reclamou de qualquer comportamento violento do namorado, mas que soube de discussões que ambos tiveram por causa de ciumes. “Ele sempre se apresentava normal para nós, nunca teve comportamento alterado, mas os dois chegaram a se separar por causa dos ciumes dele com ela”, explica.

Eles chegaram a namorar durante dois meses, mas terminaram o relacionamento. Há cerca de duas semanas, segundo Gomes, eles reataram o namoro.

Desaparecimento

Na quarta-feira (19), um dia depois do desaparecimento, colegas de trabalho e familiares tentaram entrar em contato com Marilze com envio de mensagens de texto e ligações, mas em nenhum dos contatos ela respondeu.

De acordo com o irmão da assistente de pós-venda, Marilze nunca havia ficado tanto tempo sem falar com a família. “Ela sempre foi de entrar em contato porque ela cuida da nossa mãe, que é doente”, diz.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.