Está solto, desde o final da tarde de segunda-feira, 7, para responder judicialmente em liberdade, Ricardo Luiz Ribeiro, de 36 anos, preso, às 13h de domingo, 6, por manter acorrentado o filho, de 17 anos, viciado em crack, dentro de casa, no bairro Cohab IV, em Jaboticabal, interior paulista.

Uma denúncia anônima levou a PM até a casa, onde o menor, preso a uma corrente de oito metros, tinha acesso a praticamente todos os cômodos da casa, mas dela não tinha como sair. Ao se recusar a soltar o rapaz, alegando que temia pela vida do filho - ameaçado por traficantes -, Ricardo Luiz foi levado pelos policiais para a delegacia e autuado em flagrante.

Os pais do adolescente afirmaram que internaram o rapaz em várias clínicas, mas ele não conseguiu se livrar do vício. O adolescente disse à polícia que ele mesmo pediu ao pai que tomasse essa atitude, pois sabia o risco que corria fora de casa. Até objetos de casas vizinhas o adolescente chegou a furtar para comprar droga.

Após ser ouvido pelo delegado e ver o pai ser levado para a Cadeia Pública da cidade, o adolescente passou pelo Conselho Tutelar e foi entregue à sua mãe. O adolescente aguarda uma vaga para ser internado no setor de dependentes químicos do Hospital Santa Teresa, em Ribeirão Preto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]