i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Campos Gerais

Polícia investiga morte de bebê de sete meses em Ponta Grossa

Investigações apontam que criança teria sido deixada sozinha em casa por oito horas. Causa da morte ainda não pôde ser detectada

  • PorDerek Kubaski, especial para a Gazeta do Povo
  • 25/08/2014 15:41

A Polícia Civil de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, investiga o caso de um bebê que foi encontrado morto pelos socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no final da manhã desta segunda (25). A criança, uma menina de sete meses, morreu em casa, no bairro de Uvaranas.

O corpo foi examinado no Instituto Médico Legal (IML) da cidade mas, segundo a delegada Ana Paula Cunha Carvalho, a criança não apresentava sinais de agressão e não tinha as vias aéreas obstruídas. "Não foi possível concluir a causa da morte com base nesses exames e, portanto, não pudemos autuar os pais. Eles foram ouvidos e liberados".

Ainda de acordo com a delegada, novos exames – mais aprofundados – deverão ser feitos nos próximos dias para se tentar entender como ocorreu a morte da criança. A criança teria ficado sozinha por cerca de oito horas entre a madrugada e a manhã desta segunda (25) no cômodo onde entrou em óbito.

Caso seja comprovada a responsabilidade dos pais, eles poderão ser indiciados por negligência e homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.