i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Operação Lapa Presente

Polícia prende 35 pessoas no início de operação de segurança na Lapa

Um comerciante foi assassinado a tiros na região da Lapa, no RJ, em dezembro. Uma semana antes, um estudante havia morrido esfaqueado durante um assalto

  • PorFolhapress
  • 02/01/2014 08:15

O primeiro dia da operação criada pelo governo do Estado do Rio de Janeiro para aumentar a sensação de segurança na Lapa, região boêmia do centro do Rio, terminou com 35 pessoas presas. Todas, segundo a coordenação da ação, foram detidas por porte de drogas.

Segundo o Estado, 26 moradores de rua foram levados para abrigos, dos quais um menor de idade. Duas motocicletas foram apreendidas por irregularidades na documentação.

A operação Lapa Presente, como foi nomeada pelo governo, visa aumentar a sensação de segurança após uma série de casos de crime de repercussão na região, área de intensa atividade noturna e destino turístico. Um comerciante foi assassinado a tiros na região em dezembro. Uma semana antes, um estudante havia morrido esfaqueado durante um assalto.

O governo criou a operação após reunião do governador Sérgio Cabral (PMDB) com comerciantes da região. A ação inclui nove órgãos das administrações estadual e municipal.

Ela deve ocorrer todos os dias entre 21h30 e 5h30. Foi criado uma central de atendimento (97954-2424 e 97954-2525) para receber chamados.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.