i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Curitiba

Vereador é assaltado após sacar dinheiro em banco

  • PorGazeta do Povo
  • 01/07/2009 17:21

O vereador Denilson Pires (DEM) sofreu um assalto, na manhã desta quarta-feira (1º), após sair de uma agência bancária no Centro de Curitiba. Pires foi abordado por dois homens armados em uma moto, depois de deixar o banco na esquina das ruas Mariano Torres com Nilo Cairo.

O parlamentar teria sacado dinheiro para fazer o pagamento de funcionários. Segundo a assessoria de imprensa do vereador, os bandidos pediram que ele entregasse o dinheiro e a chave do carro que estavam no bolso do paletó. Pires não reagiu e entregou o que os ladrões pediram.

No entanto, os bandidos sabiam que o vereador tinha mais dinheiro no outro bolso e insistiram para que desse tudo. Para o vereador, os homens tinham conhecimento do valor total que tinha sacado. Pires acredita que foi seguido desde o momento em que entrou no banco.

"O ocorrido, como muitos outros registros diários, demonstra a necessidade de providências concretas para conter violência. As agências bancárias estabelecem critérios rigorosos para impedir o ingresso de armas, mas também deixam de tomar medidas para coibir a coleta de informações pelo crime organizado a respeito de valores e clientes que estejam efetuando operações em dinheiro. Devemos, com a população, cobrar das autoridades maior eficácia na segurança pública", disse o vereador ao site de notícias da Câmara de Curitiba.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.