Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O novo advogado do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, Nabor Bulhões, diz que seu cliente é alvo de "verdadeira campanha" e que está preocupado com a "ampla publicidade opressiva que se desenvolve no caso". Bulhões assumiu o caso após o advogado Márcio Thomaz Bastos, ex-ministro da Justiça, deixar a defesa do empresário.

Cachoeira foi preso em fevereiro, durante a Operação Monte Carlos, da Polícia Federal, que investigou a exploração de jogos ilegais em Goiás e no Distrito Federal. As investigações apontaram relação do grupo de Cachoeira com políticos e agentes públicos.

O advogado afirma que Cachoeira "tem uma atividade empresarial lícita" e que passa por um "pré-julgamente mistificador". "Todo e qualquer cidadão tem direito a um julgamento justo", afirmou.

Segundo o advogado, mesmo que Cachoeira viesse a admitir em juízo que explora jogos ilegais, isso não configuraria crime. "Ainda que ele viesse admitir que explora jogos, isso seria contravenção e não crime", afirmou.

Bulhões afirmou ter conversado duas vezes com o novo cliente. "Uma pessoa privada de liberdade já fica deprimido, mas ele está absolutamente confiante."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]