221010

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida Pública
  3. “Delegado não pode desrespeitar político”, diz Lula

lava jato

“Delegado não pode desrespeitar político”, diz Lula

Declaração foi interceptada pela Polícia Federal em escuta telefônica

  • Estadão Conteúdo Web
Lula, em conversa grampeada, também afirma que procuradores do MP têm de respeitar os políticos | José Cruz/Agência Brasil
Lula, em conversa grampeada, também afirma que procuradores do MP têm de respeitar os políticos José Cruz/Agência Brasil
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que delegados da Polícia Federal não podem “desrespeitar político”. Em conversa por telefone com o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), monitorada pela Polícia Federal (PF) com autorização da Justiça Federal, ele defendeu o afastamento de autoridades da Operação Lava Jato e criticou a autonomia da polícia. “O problema é que nós temos que fazer nos respeitar. O delegado não pode desrespeitar um político, um senador, um deputado, sabe? Não tem sentido. Um cara do Ministério Público tem que respeitar”, disse o ex-presidente, que estava sob monitoramento a pedido da força-tarefa da Lava Jato e do juiz federal Sergio Moro.

Para a força-tarefa da Lava Jato, o diálogo mostra a intenção do ex-presidente de interferir no quadro de investigadores da operação que apura supostos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa envolvendo Lula e sua família.

No diálogo, tornado público no dia 16, Lindbergh questiona o ex-presidente sobre “aquelas notícias”. A Lava Jato tem elementos para apontar que Lula sabia que seria alvo. A conversa gravada aconteceu antes do dia 4 de março, quando foi deflagrada a Operação Aletheia – 24.ª fase da Lava Jato - em que o petista foi levado coercitivamente para depor e endereços dele e familiares alvo de buscas.

“Aquelas notícias todas que falaram que ia ter não houve, né?”, pergunta Lindbergh. Lula responde: “É, mas pode ter, a gente não sabe, porque é um bando de louco”.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>