Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida Pública
  3. Fruet toma posse na prefeitura e assume posto que era de Luciano Ducci

Solenidade

Fruet toma posse na prefeitura e assume posto que era de Luciano Ducci

Novo prefeito pediu paciência aos curitibanos e elegeu transporte como maior desafio a ser enfrentado logo no início da gestão

  • Antonio Senkovski, com informações de Anderson Gonçalves, Karlos Kohlbach e Euclides Lucas Garcia
  • Atualizado em às
Durante a cerimônia, que começou pouco antes das 18h30, o secretariado do novo prefeito da cidade foi anunciado sob aplausos dos que acompanharam a solenidade |
Durante a cerimônia, que começou pouco antes das 18h30, o secretariado do novo prefeito da cidade foi anunciado sob aplausos dos que acompanharam a solenidade
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Fruet toma posse na prefeitura e assume posto que era de Luciano Ducci

Gustavo Fruet (PDT) recebeu na tarde desta terça-feira (1º), em frente à Prefeitura de Curitiba, o cargo de prefeito de seu antecessor Luciano Ducci (PSB). Durante a cerimônia, que começou pouco antes das 18h30, o secretariado do novo prefeito da cidade foi anunciado sob aplausos dos que acompanharam a solenidade. Os nomes já haviam sido divulgados, em dezembro, em duas etapas – 23 no dia 17 e outros cinco nesta segunda-feira (31).

VÍDEO: Assista à íntegra do discurso de posse de Gustavo Fruet

VÍDEO: Fruet assume a prefeitura e pede 100 dias para balanço

FOTOS: Veja imagens da posse de Gustavo Fruet

Durante a cerimônia no Centro Cívico, Fruet priorizou, em seu discurso, a revisão das despesas com transporte público. Segundo ele, o “rombo no transporte coletivo” é o maior desafio a ser enfrentado. "Invariavelmente, haverá aumento da passagem de ônibus, mas não chegará a R$ 3,10", disse quando saía da Câmara de Vereadores de bicicleta rumo ao Paço Municipal.

Fruet convocou os membros de sua equipe a assumirem seus respectivos postos logo cedo nesta quarta-feira (2). Ele preveniu que nesta sexta-feira (4) haverá uma reunião para que haja a primeira avaliação dos passos a serem dados em suas administração.

O novo prefeito reafirmou o pedido, que já havia sido feito na Câmara, de paciência à população da capital paranaense. Ele disse que 100 dias serão necessários para fazer o esboço necessário para ter a real dimensão de como está a prefeitura. Segundo ele, a situação é considerada "difícil".

Posse na Câmara

Mais cedo, Gustavo Fruet (PDT) e a vice Mirian Gonçalves (PT) já haviam assinado o termo de posse, em cerimônia realizada na Câmara Municipal de Curitiba. A solenidade ocorreu por volta das 16h15, depois da cerimônia que empossou os 38 vereadores que vão compor o legislativo nos próximos quatro anos.

Fruet fez um discurso oficial, que terminou às 16h45, e seguiu de bicicleta até a Prefeitura Municipal para assumir definitivamente o cargo de chefe do executivo municipal. A chegada da comitiva do pedetista ao Paço ocorreu por volta das 17h30. Parte dos participantes entrou no local e se aglomerou do lado de fora. Apenas parte da Avenida Cândido de Abreu ficou interditada e teve trânsito restrito com lentidão aos que passavam pela região.

Durante o discurso, ainda na Câmara, Fruet ressaltou o fato de os eleitores de Curitiba inaugurarem um novo ciclo político no município. "Iniciamos hoje um novo ciclo, depois de 24 anos, a cidade vive a saudável alternância de poder na prefeitura. Quero manter aberta as portas de Curitiba para os 38 repreesentantes legítimos da nossa população", disse.

Com frases de efeito, o prefeito citou a vontade de fazer história, desprovida de "vaidade". Ele fez uma orientação à sua equipe, que, segundo ele, deve ter "humildade para reconhecer seus erros".

Fruet fez ainda um pedido de paciência aos curitibanos. "Peço a todos um prazo para uma resposta à população, para dizer como está a prefeitura que assumimos, nesse primeiro ano de gestão ainda não teremos condições de colocar em prática o pleno das nossas metas", preveniu.

Entre as dificuldades para cumprir suas promessas logo no primeiro ano, o pedetista colocou a dificuldade em abrir novas linhas de crédito com organismos internacionais. Segundo ele, administrações anteriores utilizaram em excesso esta possibilidade com obras como a Linha Verde - "que está longe de terminar", segundo Fruet.

No que ele chamou de "boas notícias" está o fato de haver programas do governo federal com recursos a fundo perdido. "Precisamos apresentar projetos consistentes, como disse a presidente Dilma. Quero buscar inspiração em outras pessoas que administraram a cidade. Vamos valorizar os servidores, aproveitar o conhecimento acumulado de pessoas que dedicaram suas vidas à prefeitura", relatou.

Transporte coletivo

O prefeito relatou, ao chegar e ao sair da Câmara, sua intenção de concentrar suas primeiras ações na melhoria do transporte coletivo da capital. Fruet disse que vai criar uma comissão para discutir a tarifa do transporte coletivo, com a participação do Ministério Público, com o objetivo de “abrir a caixa preta do transporte.” Ele relatou que vai pedir aos técnicos da Urbs para que analisem a planilha do transporte para verificar de fato qual o valor da tarifa técnica.

Outras medidas anunciadas pelo pedetista são relativas aos ônibus e aos táxis. Ele disse que vai reafirmar o pedido ao governador Beto Richa (PSDB) para que o subsídio do governo do estado à tarifa seja mantido. Já sobre o número de táxis, Fruet relatou sua intenção de aguardar a data-base para verificar a necessidade de aumentar ou não o número de veículos em circulação.

Atraso na posse dos vereadores

A cerimônia de posse dos 38 vereadores eleitos de Curitiba, marcada para as 14 horas desta terça-feira (1º), começou com cerca de 40 minutos de atraso. O ato aconteceu no Palácio Rio Branco, sede histórica da Câmara Municipal de Curitiba. Os vereadores prestaram juramento e assinaram o termo de posse. Cada parlamentar pôde levar cinco acompanhantes para a solenidade, pois a capacidade do prédio é limitada.

Protesto

Representantes do Grupo Anonymous fizeram um protesto contra a corrupção diante da Câmara Municipal de Curitiba, durante a posse dos vereadores, lembrando as denúncias de desvio de dinheiro público e as irregularidades que abalaram a imagem da casa durante a legislatura 2009/2012. Na manifestação, eles prometeram fiscalizar as ações dos parlamentares eleitos.

FOTOS: Veja imagens da posse de Gustavo FruetVeja fotos da posse

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#appId=254792324559375&xfbml=1"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
]]>Tweet

Vida Pública | 2:15

Fruet assume a prefeitura e pede 100 dias para balanço

O prefeito pretende fazer uma avaliação profunda da real condição da prefeitura de Curitiba. Fruet garantiu prioridade para o que considera ser um dos maiores problemas na administração da capital: o transporte público.

VER MAIS VÍDEOS

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) {return;} js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#appId=254792324559375&xfbml=1"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, 'script', 'facebook-jssdk'));
]]>Tweet

Vida Pública | 13:37

Assista à íntegra do discurso de posse de Gustavo Fruet

Solenidade ocorreu por volta das 16h15 desta terça-feira (1º), depois da cerimônia que empossou os 38 vereadores. Após o discurso na Câmara, Fruet seguiu de bicicleta até a Prefeitura Municipal para assumir definitivamente o cargo de chefe do executivo municipal.

VER MAIS VÍDEOS

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE