i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Luta Livre

Foto de perfil de Luta Livre
Ver perfil

Wanderlei x Belfort seria sucesso de bilheteria na Arena da Baixada, aposta treinador

  • PorFernando Rudnick
  • 23/11/2017 18:02
Wanderlei Silva quer enfrentar Vitor Belfort na Arena da Baixada.
Wanderlei Silva quer enfrentar Vitor Belfort na Arena da Baixada.| Foto:

Não é nenhum segredo que Wanderlei Silva quer a revanche contra Vitor Belfort no cage circular do Bellator. E segundo o treinador do Cachorro Louco, André Dida, só há um local para essa luta acontecer.

SIGA O LUTA LIVRE NO FACEBOOK

“Todo mundo está falando dessa luta. Seria uma ótima luta, um ótimo momento para o Bellator vir para o Brasil e Curitiba e a [Arena da] Baixada receberem essa luta. Essas duas estrelas só cabem nesse estádio”, disse o técnico da academia Evolução Thai, em entrevista ao Luta Livre.

Belfort, de 40 anos, se despede do UFC em janeiro de 2018, diante do jamaicano Uriah Hall. Depois disso, ficará livre para assinar com qualquer outra organização.

O Bellator, que demonstrou interesse em contar com o veterano, seria a plataforma ideal para a implantação da ‘Liga de Lendas‘ defendida pelo brasileiro. O presidente do evento, Scott Coker, até já confirmou o plano de realizar um megaevento no Brasil em 2018.

“Se ele [Belfort] fizer a última luta pelo UFC e for para o Bellator, não tenha dúvida que a primeira luta será contra o Wanderlei aqui no Brasil. Vai ser um sucesso de bilheteria”, completou Dida.

VEJA TAMBÉM: “Voltei para te pegar, Belfort”, provoca Wanderlei

O Cachorro Louco voltou a lutar em junho, após quatro anos aposentado. Em Nova York, no maior evento da história do Bellator, o paranaense foi derrotado por decisão unânime pelo americano Chael Sonnen.

No mesmo período, Belfort lutou sete vezes no UFC. Em junho, ele bateu Nate Marquadt e quebrou uma série de três derrotas seguidas por nocaute.

Há quase 20 anos, em 1998, Belfort nocauteou Wanderlei em apenas 44 segundos no UFC 17.5, em São Paulo. Desde então, a revanche foi muito especulada, mas nunca saiu do papel.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.