i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Paraná S.A

Foto de perfil de Paraná S.A
Ver perfil
Produção

Paraná celebra “setembro rico” nos negócios

  • 12/09/2020 17:00
Tatra terá fábrica para produzir veículos off-road em Ponta Grossa.
Tatra terá fábrica para produzir veículos off-road em Ponta Grossa.| Foto: Divulgação

As últimas semanas foram de bons ventos para o Paraná, com a confirmação de investimentos que vinham sendo negociados há meses. Pelo menos três destas injeções de dinheiro na economia local devem resultar em centenas de empregos diretos, além de diversificação da economia do estado.

Quer receber notícias do Paraná no WhatsApp?

Ponta Grossa, que está entre as cidades que mais receberam novas empresas nos últimos anos, deverá ganhar uma filial da fabricante tcheca de caminhões e veículos off-road Tatra. O grupo oficializou no dia 3 de setembro a construção de uma planta no município dos Campos Gerais. O investimento esperado é de R$ 102 milhões até 2026 e a expectativa é que sejam gerados 300 empregos diretos.

Com expertise em veículos produzidos para trafegar em solos difíceis, a Tatra deverá atender, com sua produção de Ponta Grossa, segmentos como mineração e produção florestal e sucroalcooleiro. Veículos pesados para a área de Defesa também sairão dessa unidade. A empresa tcheca mira o mercado nacional e exportação para América do Sul e África.

“A Tatra é um grande player mundial em caminhões pesados. O Brasil tem uma demanda gigante nesse setor porque é um grande produtor de álcool, de minério e de celulose a partir de campos florestais”, disse o governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) à Agência Estadual de Notícias durante o evento de oficialização do negócio. O investimento estrangeiro foi viabilizado dentro do programa de incentivos fiscais do governo estadual, em uma negociação que levou meses. “Não tenho dúvidas de que a empresa será muito feliz no Paraná e que esse será o primeiro de muitos investimentos”, complementou.

A planta de Ponta Grossa é a primeira da marca europeia no Brasil. O barracão onde ela será instalada tem seis mil metros quadrados. A produção própria deve começar em 2021 – antes, a fábrica será usada apenas para montar estruturas vindas do exterior. De acordo com a Tatra, a intenção é produzir veículos a partir de componentes fornecidos por empresas brasileiras, especialmente paranaenses. Uma, em especial, deve ser beneficiada: a DAF, também de Ponta Grossa, que, fora do Brasil, já tem uma parceria com a controladora da marca tcheca.

A planta terá capacidade para produzir 225 caminhões por ano a partir de 2022 e até 800 caminhões por ano depois de 2025.

Também no início deste mês – e no programa de incentivos fiscais do governo estadual –, o Grupo Boticário anunciou duas unidades no estado especializadas nas vendas eletrônicas. A negociação pode resultar em investimento de R$ 83,5 milhões na terra de origem da marca, a gigante nacional dos cosméticos.

O dinheiro deve ser usado para construir, além das unidades de e-commerce, um centro de distribuição capaz de atender toda a região Sul. As estruturas serão instaladas em Curitiba e em Campina Grande do Sul, na região metropolitana. Juntas, deverão gerar até 700 empregos diretos.

Segundo o Boticário, parte das plataformas de vendas eletrônicas no Paraná já deverá operar em outubro, com foco nas vendas do fim do ano. Quando toda a estrutura estiver pronta, a marca estima faturamento anual de R$ 1 bilhão nas operações.

No campo

O agronegócio também tem novidades. A Lar, que é uma das maiores cooperativas agroindustriais do estado, assumiu oficialmente, na semana passada, o frigorífico antes pertencente à Frango Granjeiro. A reativação da unidade, em Rolândia, na região Norte, irá gerar 320 novos empregos – no total, com os funcionários que já trabalhavam nessa indústria, serão 1,9 mil empregos diretos.

De acordo com a cooperativa, essa unidade terá um abatedouro de aves com capacidade de processamento diário de 175 mil frangos; fábrica de rações com capacidade de produzir 19 mil toneladas/mês e uma unidade de recepção e beneficiamento de grãos com capacidade de 16,8 mil toneladas.

Com o arrendamento da unidade, a Lar engloba a atuação de 300 aviários em 41 municípios do entorno de Rolândia.A cooperativa soma o frigorífico a duas outras unidades no estado, em Cascavel e Matelândia, e atinge a marca de 700 mil aves abatidas ao dia já a partir deste mês, com expectativa de alcançar 900 mil aves abatidas ao dia em 2023.

"É a primeira unidade em Rolândia, levamos dez meses para concluir o negócio, mas esse trabalho com a avicultura vem sendo desempenhado há 21 anos pela cooperativa. Abatemos em Matelândia sete dias por semana, em Cascavel seis dias e em Rolândia vamos buscar os seis dias”, disse Irineo da Costa Rodrigues, diretor-presidente da cooperativa, em comunicado sobre o negócio.

“A Lar é a cooperativa que mais emprega do país e para cada emprego gerado nesse setor há 17 indiretos envolvidos, ou seja, é uma cadeia de milhares e milhares de pessoas. E ainda pretendemos incorporar mais 70 aviários e 300 funcionários no futuro porque temos margem para crescer. Nossa produção é dividida em 50% mercado interno e 50% externo. A Lar exporta para 74 países, mas o estado já alcança 160 países. Estamos buscando mais mercados”, apontou o executivo.

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 8 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • P

    Polaco

    ± 12 dias

    Esse caminhão vai vender bem nas pedreiras por aqui.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • N

      NH4NO3

      ± 12 dias

      Setembro rico no bolso de quem? De meia dúzia, que pegou dinheiro emprestado do BNDS a juro baixíssimo, paga a 1a parcela e não paga mais. Aí, às vésperas de alguma votação importante no Congresso Nacional, a bancada ruralista faz chantagem em troca do voto pela renegociação da dívida não paga! O setembro rico que exporta o melhor e deixa a chepa para o mercado nacional, a ponto de causar inflação. O setembro rico é para meia dúzia de agropecuaristas, que não sabem o que fazer com o dinheiro, pois já tem $ na bolsa, em prédios de apartamentos e salas comerciais, jóias, viajam para o exterior em classe executiva, comem e se hospedam no melhor que existe.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      5 Respostas
      • L

        LuizMG

        ± 11 dias

        Tá muito revoltado. Nitrato. Qual a solução viável para todos esses problemas apontados por você?

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

      • M

        Maquiavel

        ± 12 dias

        Comunista invejoso!

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

      • A

        Araucária

        ± 12 dias

        kkkkk, chora viuva do molusco nine fingers larápio e da ensacadora de vento....

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

      • A

        Alisson Chagas

        ± 12 dias

        Otimismo cara ...levanta a cabeça e vai em frente,,,,ser negativo não leva a nada .....

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

      • M

        Meg Litton

        ± 12 dias

        Tenha um pouco mais de fé!!!

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

    • Q

      Quincas

      ± 13 dias

      Deixem o homem trabalhar.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.