Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Com volta dos shoppings, Urbs vai aumentar a frota de ônibus em circulação
| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

A Urbanização de Curitiba (Urbs) vai reforçar a frota de ônibus em circulação a partir desta segunda-feira (25). A medida é uma resposta à diminuição do isolamento social, com mais movimento nas ruas, e uma preparação para o aumento de demanda a partir da reabertura de shoppings.

RECEBA notícias sobre o Paraná pelo WhatsApp

O sistema passará a operar com 80% da frota total de 1,5 mil ônibus, contra a média de 65% que vinha sendo usada. O número de passageiros transportados, no entanto, ainda está muito abaixo dos períodos de normalidade – cerca de 260 mil por dia, contra 756 mil ao dia de antes da pandemia.

Com o reforço, a linha Inter 2 vai funcionar com 100% da frota nos dias úteis. As linhas expressas Pinheirinho-Rui Barbosa, Santa Cândida-Capão Raso e Circular Sul vão operar com 90% da capacidade nos horários de maior movimento e as linhas alimentadoras, que atuam na região Sul da cidade, vão funcionar com 100% no horário de pico. Também será feito o reforço na linha Boqueirão-Centro Cívico nos picos da manhã e da noite.

A previsão inicial da Urbs é de um aumento de cerca de 20% no fluxo de pessoas no sistema de transporte da capital com a possível reabertura dos shoppings centers. Apesar da abertura do comércio, as escolas permanecem fechadas, o que deve manter o movimento no transporte coletivo ainda abaixo da média normal, de acordo com a Urbs. Um apelo que a prefeitura tem reiterado é para que os idosos, que são grupo de risco da Covid-19, evitem usar os ônibus. O movimento diário de passageiros da terceira idade está em cerca de 17 mil.

Para evitar aglomeração, a determinação é de que as principais linhas só podem sair dos terminais com lotação máxima de 50%. Todos os terminais têm marcações para que os passageiros mantenham uma distância de, no mínimo, 1,5 metro entre si. Fiscais e agentes da Guarda Municipal fazem o trabalho de orientação, que ganhou também o apoio do Exército desde o último dia 14 de maio. O trabalho, que duraria 10 dias, vai ser prorrogado.

13 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]