i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Libertadores

Confusão entre ambulantes e fiscais chama atenção antes da estreia do Athletico na Libertadores

  • Por Juliana Fontes
  • 03/03/2020 20:49
Ambulantes tiveram que fechar seus comércios antes do jogo com Athletico.
Ambulantes tiveram que fechar seus comércios antes do jogo com Athletico.| Foto: Juliana Fontes

Poucas horas antes de a bola rolar pela estreia do Athletico na Libertadores, nesta terça-feira (03), uma confusão entre ambulantes e fiscais da Prefeitura de Curitiba tomou conta da Praça Afonso Botelho, em frente à Arena da Baixada.

O Rubro-Negro encara o Peñarol do Uruguai, no primeiro jogo pela Libertadores 2020, às 21h30.

Veja a tabela e classificação da Libertadores!

Por volta das 20h, enquanto muitos torcedores aproveitavam para fazer lanches na parte de fora do estádio, fiscais da Prefeitura, auxiliados por Policiais Militares, interditaram as barraquinhas. Ambulantes protestaram e acusam policiais de truculência. "A gente sustenta nossas famílias com isso. Jogaram spray de pimenta nos meus olhos", disse Priscila Soares, ambulante há cinco anos.

Alguns vendedores tiveram suas mercadorias retidas, enquanto outros já fecharam rapidamente os pontos de venda.

Um dos fiscais presentes explicou que as autoridades estavam apenas realizando uma ação por determinação do clube e da CONMEBOL, que proíbe o comércio nos arredores do estádio de acordo com o regulamento da competição. Além disso, alegavam que os ambulantes não tinham autorização para exercerem as atividades.

Existe uma grade que impede a entrada de torcedores com alimentos no estádio, mas somente na área ao redor da Arena.

A reportagem falou com membros da Conmebol presentes no jogo para verificar se houve realmente o pedido para a fiscalização e se existe no regulamento da competição uma restrição sobre as vendas. A resposta foi de que, realmente, existe um perímetro que delimita o comércio em dias de jogo, mas que isso varia para cada estádio. Portanto, não houve esclarecimentos se os ambulantes estavam dentro ou fora da área permitida. O Athletico não se pronunciou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.