i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
balanço

Retrospectiva: os 15 fatos mais marcantes do esporte em 2015

  • PorAdriano Ribeiro
  • 26/12/2015 16:52
 | /
| Foto: /

Relembramos os acontecimentos que mais marcaram o esporte neste ano em âmbito local, nacional e internacional. Títulos, feitos inéditos, escândalos... Confira a retrospectiva.

Março

24/03 – Renúncia de Rubens Bohlen

Brunno Covello/Gazeta do Povo

Empresários, ex-dirigentes e alguns integrantes da diretoria formaram no começo do ano o grupo Paranistas do Bem. Eles prometeram investir R$ 4 milhões no Tricolor, mas, para isso, exigiram a saída do então presidente Rubens Bohlen. Ele resistiu no começo, no entanto, isolado, acabou renunciando no fim de março. Luiz Carlos Casagrandre, o Casinha, assumiu o comando do clube. Em setembro, Leonardo Oliveira, membro do Paranistas do Bem, foi eleito presidente para a gestão 2016-2018. O ano paranista ainda ficou marcado pela aprovação de dois terços da venda da sede da Kennedy e por mais um insucesso na Série B, onde terminou apenas em 13º lugar.

Abril

05/04 – Tampa do Caldeirão

Hugo Harada/Gazeta do Povo

A partida entre Atlético e Prudentópolis, no Paranaense, marcou a inauguração do teto retrátil da Arena da Baixada. No segundo semestre, a diretoria anunciou outra novidade para o estádio: a instalação da grama sintética, iniciada em dezembro.

Maio

03/05 – Fantasma campeão

Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Pelo segundo ano consecutivo, um time do interior levantou a taça do Paranaense. Após 103 anos, o Operário conquistou o primeiro título da história do clube. Na partida decisiva,o 3 a 0 sobre o Coritiba em pleno Couto Pereira finalmente fez ecoar o grito de “é campeão” para o time de Ponta Grossa.

27/05 – Corrupção no futebol

ARND WIEGMANN/REUTERS

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos fez uma limpa na Fifa em 2015. Uma operação surpresa em Zurique, na Suíça, em 27 de maio levou para a prisão o ex-presidente da CBF José Maria Marin e outros seis dirigentes. Todos investigados por corrupção. Foi só o começo. Uma semana depois, muito pressionado, Joseph Blatter – na presidência da entidade desde 2008 – renunciou ao cargo. Em dezembro, ele e o presidente da Uefa, Michel Platini, acabaram suspensos de qualquer atividade no futebol por oito anos. No Brasil, Marco Polo Del Nero se licenciou da presidência da CBF em 3/12 após ele e Ricardo Teixeira, que comandou o futebol nacional por 23 anos, também serem denunciados por corrupção pela Justiça dos EUA.

Junho

06/06 – Número 1 do mundo

O Brasil voltou a ter um tenista no topo do ranking mundial em 2015. Marcelo Melo fez uma temporada irretocável nas duplas. Em junho, ele conquistou Roland Garros, o primeiro Grand Slam da carreira do mineiro. No começo de novembro, ele abriu vantagem suficiente para se garantir como número 1 do mundo até o início do próximo ano.

Julho

04/07 – Chile, o melhor da América

A melhor geração chilena de todos os tempos provou seu valor. Em casa, o time comandado por Jorge Sampaoli conquistou a Copa América, o primeiro grande título da história da seleção, que bateu a Argentina na final, nos pênaltis. O Brasil, mais uma vez, acabou eliminado pelo Paraguai nas quartas de final.

26/07 – Thiago Pereira, o ‘Senhor Pan’

No Pan-Americano de Toronto, o Brasil terminou em terceiro lugar no quadro de medalhas, atrás de Estados Unidos e Canadá. O nadador Thiago Pereira alcançou o 23º pódio dele em Pans e tornou-se o maior medalhista da história da competição.

Outubro

18/10 – Tubarão na Série B

Roberto Custodio/Jornal de Londrina

Depois de 11 anos, o Londrina garantiu o retorno do clube à Série B do Brasileiro. O acesso foi garantido após a equipe eliminar o Confiança-SE nas quartas de final da Terceirona. O Tubarão ainda avançou até a final, onde acabou superado pelo Vila Nova-GO.

25/10 – Hamilton iguala Senna

Pirelli/Fotos Públicas

A temporada da Fórmula 1, mais uma vez, foi dominada pela equipe Mercedes e por Lewis Hamilton. O inglês conquistou o tricampeonato mundial com três corridas de antecedência e igualou seu ídolo, o brasileiro Ayrton Senna.

Novembro

19/11 – Hexa do Timão

Eduardo Knapp/Folhapress

Melhor ataque, melhor defesa, melhor mandante, melhor visitante, time com mais vitórias e menos derrotas... O Corinthians sobrou no Brasileirão e conquistou o hexa, terminando 12 pontos à frente do vice-campeão Atlético-MG. Na segunda principal competição nacional, outra conquista paulista: em uma final emocionante, o Palmeiras venceu o Santos nos pênaltis.

26/11 – Fim do Autódromo de Curitiba

Hugo Harada/Gazeta do Povo

Foi anunciada na parte final do ano a venda do Autódromo Internacional de Curitiba. O circuito em Pinhais deve receber corridas só até junho do ano que vem. Depois, se transformará em um complexo misto imobiliário, comercial e residencial.

30/11 – O ano de Neymar

2015 marcou o melhor ano da carreira de Neymar. No fim de novembro, ele foi confirmado como um dos três concorrentes ao prêmio de melhor jogador do mundo. No Barcelona, ele conquistou neste ano o Campeonato Espanhol, a Liga dos Campeões (em que foi artilheiro), a Copa do Rei, a Supercopa da Europa e o Mundial de Clubes.

Dezembro

06/12 – Coxa livre da Segundona

Albari Rosa/Gazeta do Povo

Foi mais um ano de sufoco para o Coxa que escapou do rebaixamento para a Série B apenas na última rodada ao empatar em casa com o Vasco – os cariocas caíram. O observador técnico e ex-jogador Pachequinho assumiu o time nas cinco rodadas finais e, com dez pontos conquistados no período, foi fundamental para a permanência alviverde na elite.

12/12 – Petraglia segue no poder

Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Mario Celso Petraglia terá mais quatro anos na diretoria do Atlético. Ele foi eleito em dezembro presidente do Conselho Deliberativo. Luiz Sallim Emed comandará o Administrativo. A eleição rubro-negra foi apertada: a chapa da situação, CAPGigante, venceu com 52% dos votos.

17/12 – Soberania no surfe

Reuters

Depois de Gabriel Medina em 2014, neste ano foi a vez de Adriano de Souza, o Mineirinho assegurar o título do Mundial de Surfe, garantindo a soberania brasileira na modalidade. O país terminou a temporada com quatro surfistas entre os 10 melhores do mundo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.